O campeonato ainda não acabou para o Corinthians

O campeonato ainda não acabou para o Corinthians

Ralf, Alessandro e Fábio Santos estão em casa, descansando. O próximo será Paulinho. Tite não fala mais em “pontuação de segurança” e as perguntas nas entrevistas, cada vez mais, são sobre o Mundial de Clubes, em dezembro. Então, o Campeonato Brasileiro acabou para o Corinthians, não é mesmo?

Nas pretensões na tabela, sim. Mas isso não significa que a partir de quarta-feira, contra o Cruzeiro, até a última rodada, o Timão não tenha algumas “missões” na competição nacional.

“Além de tudo, existe a obrigação de jogar bem e vencer. No Corinthians, é sempre assim. Não vamos abandonar o torneio”, disse Paulo André, após o empate com a Portuguesa.

Há a questão Zizao, por exemplo. A cada partida que Tite o relaciona para o banco, mas não o coloca em campo, a pressão aumenta. Nos oito confrontos finais, o treinador tem a chance de satisfazer a Fiel e botar o chinês. Sim, existe a questão da hierarquia. Todos entendem o que ele quer dizer quando argumenta que Jorge Henrique, Emerson, Romarinho, Guerrero, Martínez, Giovanni e até Chiquinho estão na frente de Zizao. Mas o técnico logo deverá ceder aos pedidos para que o atacante, enfim, estreie.

Algo parecido se aplica a Anderson Polga, campeão mundial com a seleção brasileira. Ele chegou ao clube no início de setembro. Já estreou, contra o Flamengo, mas jogou pouco. E quer mostrar muito mais...

Romarinho/ Até o time para o Mundial poderá mudar até o fim do Brasileirão. Porque, nos últimos seis jogos, todos os atletas estarão à disposição. A tendência atual é de que o ataque seja formado por Sheik e Guerrero. Mas, a cada dia, Romarinho ganha força, apesar de não fazer função de área. E ainda existe o fator Jorge Henrique, antigo xodó. Se voltar bem e tiver sequência, vira candidato forte a entrar entre os titulares.

“Tem muita briga ali no ataque. No que dependesse de mim, o treinador poderia dar folga longa para os outros”, brincou Chiquinho, que entrou por alguns minutos no sábado.

Não bastasse isso, é possível terminar o nacional aprontando uma. No último jogo, o São Paulo deverá estar, ainda, na briga por vaga na Libertadores. O Timão teria a oportunidade de melar a festa. No Morumbi.

Isso sem contar com a chance (que hoje é grande) de embarcar para o Japão, no início de dezembro, vendo o arquirrival Palmeiras rebaixado à Segunda Divisão. Para a Fiel, faltaria apenas o título mundial, coroando a temporada perfeita.

Fonte: Rede Bom Dia

Veja Mais:

  • Copa Sul-Americana terá 32 classificados na segunda fase

    Copa Sul-Americana chega a 21 classificados; torneio pode ter até sete campeões da Libertadores

    ver detalhes
  • Léo Santos (à dir.) deixou atividade mais cedo por conta de bolhas nos pés; Paulo Roberto foi testado na zaga

    Zagueiro deixa treino e faz Carille improvisar nesta quinta-feira; veja escalação do Corinthians

    ver detalhes
  • O meia Régis, do Bahia, recebeu elogios do técnico Fábio Carille

    Corinthians prioriza reforço para a zaga, e dispensa indicação por meia do Bahia

    ver detalhes
  • Sem oportunidades, Bruno Paulo está próximo de deixar o Corinthians

    Fora dos planos do Corinthians, Bruno Paulo negocia com time pernambucano

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes