Com previsão para ficar um mês fora, Emerson tenta retornar antes do tempo

Com previsão para ficar um mês fora, Emerson tenta retornar antes do tempo

Na partida contra a Portuguesa, no Candindé, Emerson sofreu um estiramente no ligamento colateral do joelho direito. O jogador deve ficar afastado por um mês, mas não vai ser problema para a disputa do Mundial de Clubes, em dezembro. Apesar da gravidade da lesão, o Sheik afirmou que consegue voltar antes do tempo previsto.

'Pessoal, obrigado pelo carinho. Antes do prazo estarei de volta. Podem contar com isso', escreveu o atacante, em sua conta no Twitter.

Herói do Corinthians no título da Libertadores, Emerson não tem sido figura muito presente no Brasileiro. Além da lesão contra a Lusa, o jogador já havia desfalcado o Corinthians, em cinco partidas, por conta de um gancho do STJD por xingar o árbitro Péricles Bassols. Agora, o  jogador que aproveitar o período fora para chegar embalado no Japão.

''Apressamos o processo para atingir a zona de segurança no Brasileiro, mas para acionar o gatilho de preparação para o Mundial. Se deixar de competir vai perder o jogo. É inevitável alguém machucar, é do jogo. Se tirar o pé, treinar sem intensidade, inevitavelmente vai perder. Se não competir, perde. Se não treinar com intensidade, perde. Corro risco de perder atleta? Tenho de pagar o preço'', explicou.

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Hotel onde a delegação portuguesa está hospedada em São Petersburgo, na Rússia

    Corinthians brinca nas redes sociais com Cristiano Ronaldo hospedado em hotel chamado Corinthia

    ver detalhes
  • Carille tem contrato com o Corinthians até o fim de 2017

    Permanência de Carille no Corinthians em 2018 não está garantida; entenda o porquê

    ver detalhes
  • Pedro Henrique foi uma das baixas do Corinthians no treino desta sexta

    Com dois desfalques, Corinthians se reapresenta já de olho em duelo contra Grêmio

    ver detalhes
  • Jô pode não viajar até a cidade de Tunja, na Colômbia

    Corinthians deve poupar jogadores e pode ter vários jovens da base na Colômbia

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes