Tite defende mudança no calendário do futebol brasileiro

Tite defende mudança no calendário do futebol brasileiro

Tite engrossou nesta terça-feira o coro dos que defendem uma mudança no calendário do futebol brasileiro. Para o técnico do Corinthians, competições importantes como a Libertadores prejudicam o início da disputa do Campeonato Brasileiro. Além disso, a agenda de amistosos da seleção desfalca os clubes, uma vez que as torneios do País não param.
"O maior problema é o calendário", afirmou o treinador. "Se não, o clube tem de investir ainda mais em plantel, em quantidade de jogadores. É preciso um investimento maior, se não é mágica, e mágica ninguém faz".
Um dos motivos, segundo ele, de Corinthians não disputar o Brasileirão para ganhar foi o fato de o time ter privilegiado a disputa da Libertadores - a reta final coincide com o início da competição nacional. Em 2013, o Corinthians pode sofrer o mesmo problema caso avance às decisões da Libertadores. "Com uma ou outra exceção, não vi nenhuma equipe que chegou às finais da Libertadores ir bem no Brasileiro", afirmou.
Sobre a remarcação do segundo jogo do Superclássico das Américas entre Brasil e Argentina, dia 21 de novembro, Tite manteve sua posição de não ceder jogadores do Corinthians para a partida. Quatro jogadores do Corinthians estavam na lista de Mano Menezes (Cássio, Paulinho, Ralf e Fábio Santos), além de Martínez, pela seleção argentina.
"Mas não é minha função pedir que o Mano Menezes não convoque os jogadores. Isso tem de partir da direção do Corinthians, até por uma questão de hierarquia. Eu peço e a direção verá as possibilidades, o meu pedido já foi feito".
Tite acredita que a partida que foi remarcada para o dia 21 de novembro pode prejudicar a reta final da preparação do time para o Mundial de Clubes no Japão. O segundo jogo entre Brasil e Argentina pelo Superclássico deveria ter acontecido dia 3 de outubro na cidade de Resistencia, na Argentina. Mas uma queda de energia no estádio impediu a realização da partida. O duelo será disputado em Buenos Aires, no estádio do Boca Juniores, a Bombonera.

Fonte: Diario do Grande ABC

Veja Mais:

  • Pedrinho aproveitou oportunidade e foi bastante elogiado por atuação contra o Red Bull

    Xodó da Fiel, Pedrinho já é quem mais driblou do Corinthians no Paulistão

    ver detalhes
  • Camisa do Corinthians pode ultrapassar valor de R$ 100 milhões em 2017

    Camisa do Corinthians valerá R$ 100 milhões em 2017, promete diretor de marketing

    ver detalhes
  • Foxlux é nova patrocinadora do Corinthians

    Corinthians anuncia terceiro patrocinador para 2017; veja mudança na camiseta

    ver detalhes
  • Arena Corinthians será palco de diversos mata-matas em abrl

    Corinthians inicia venda de ingressos para Copa do Brasil e quartas do Paulista

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes