Longe de polêmicas, Viola marca golaço e Timão bate Vasco no Rio-SP

Longe de polêmicas, Viola marca golaço e Timão bate Vasco no Rio-SP

Pouco mais de uma semana após envolver-se em uma polêmica, quando passou cinco dias na prisão, o goleador Viola voltou a ser o centro das atenções, nesta quinta-feira. Desta vez, porém, o irreverente goleador virou notícia ao comandar o Corinthians na vitória por 11 a 8 sobre o Vasco, em Casimiro de Abreu (RJ), pela primeira rodada do grupo B do Torneio Rio-São Paulo de showbol. Um dos destaques da partida, o camisa 9 corintiano ainda marcou um gol de placa, ao acertar uma bela bicicleta no segundo tempo.

Apesar da vitória, o Corinthians termina a primeira rodada do grupo B atrás do líder Botafogo, que goleou o Palmeiras por 16 a 7, no primeiro jogo da noite. No sábado, jogam Palmeiras x Corinthians e Vasco x Botafogo.

O Corinthians começou melhor e logo abriu 2 a 0, gols de Gilmar Fubá e Paulo Sérgio. O primeiro gol vascaíno só foi marcado aos sete minutos, com Pedrinho. Muito fechado, o Timão acabou chamando o Vasco para o seu campo até que Zada empatou a partida, aproveitando o rebote de um pênalti cobrado por Pedrinho.

O Corinthians voltaria a passar à frente aos 12, com um gol de Edson Pelé. Dois minutos depois, Fábio Augusto ampliou, em jogada individual pela esquerda: 4 a 2. A desvantagem deixou o Vasco atônito em campo e, aos 18, Fábio Augusto fez mais um para o Timão.

A cinco minutos do fim, Viola finalmente deixou o seu, aproveitando bobeada do zagueiro vascaíno Leonardo. O Vasco só voltou a marcar aos 24, com Siston, de cabeça, decretando números finais à etapa: 6 a 3 para os paulistas.

O time da Colina voltou para o segundo tempo disposto a reverter o resultado. Aos 15 segundos, Pedrinho fez o quarto, aproveitando rebote de chute de Zada. Aos três, Pedrinho retribuiu dando passe para Zada marcar o quinto, de peito. Apesar da pressão vascaína, o Corinthians anotou mais um aos sete, com Paulo Sérgio: 7 a 5.

A situação do Vasco se complicou ainda mais aos 10, quando Alex Pinho cometeu pênalti, tocando a bola pela lateral. Na cobrança, Edson Pelé não perdoou, colocando o Timão com três gols de vantagem. O Cruz-Maltino só foi acordar aos 15, com um gol de Zada, mas, na sequência, Viola marcou um golaço de bicicleta, o mais bonito da noite. Em respeito à torcida vascaína, o camisa 9 corintiano não comemorou a jogada.

O jogo seguiu lá e cá. Cocito fez o 10º do Corinthians, enquanto Pimentel marcou o sétimo do Vasco. Pedrinho, aos 20, deixou o time da Colina a dois gols do empate, mas Pereira jogou um balde de água fria, ao marcar 11 a 8, em cobrança de tiro livre direto, a 54 segundos do fim.

Vasco: Azul, Alex Pinho, Pimentel, Fabrício Carvalho, Pedrinho e Zada. Entraram: Léo Guerra, Cazuza, Leonardo e Siston. Técnico: Paulinho Pereira.
Corinthians: Dagoberto, Pereira, César, Gilmar Fubá, Paulo Sérgio e Viola. Entraram: Fábio Augusto, Cocito, Edson Pelé e Gino. Técnico: Wagninho.

Fonte: Sportv

Veja Mais:

  • Wladimir será o mais novo colunista do Meu Timão

    Herói de 77 será colunista do Meu Timão

    ver detalhes
  • Dudu revelou que jogadores do Palmeiras tinham conhecimento de confusão feita pelo árbitro no clássico

    Atacante palmeirense diz por que não avisou árbitro de erro em expulsão de Gabriel

    ver detalhes
  • Jadson treinou nesta quinta-feira e não será problema para final no Moisés Lucarelli

    Jadson volta, e Carille ensaia escalação do Corinthians para primeira decisão do Paulista

    ver detalhes
  • Fiel esgotou bilhetes colocados à venda no Fiel Torcedor

    Em menos de uma hora, torcida do Corinthians esgota ingressos para decisão do Paulista

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes