Timão promete seriedade para não prejudicar os rivais

Timão promete seriedade para não prejudicar os rivais

Tite diz que Timão não vai tirar o pé

Tite diz que Timão não vai tirar o pé

Foto: Alan Morici / Agência O Dia

Campeonato Brasileiro de 2010. O Corinthians, de Tite, perde o título para o Fluminense, que soma duas vitórias na reta final sobre São Paulo e Palmeiras, fora de casa, com atuações suspeitas dos rivais do Timão. Quis o destino que dois anos depois a história proporcionasse a chance da vingança. Nas duas próximas rodadas, a equipe alvinegra enfrenta o Bahia, que briga com o Palmeiras contra o rebaixamento, e o Vasco, que disputa com o Tricolor uma vaga no G-4. Apesar disso tudo, o comandante corintiano descarta qualquer facilidade nos jogos.

'O Corinthians vai com a mesma dignidade do presidente Mário Gobbi, do vice Roberto de Andrade, do diretor Duílio Monteiro Alves, do grupo de atletas e do técnico, que tem 51 anos e pode olhar para trás', afirmou o técnico.

O discurso do treinador é semelhante aos adotados pelos jogadores são-paulinos e palmeirenses na ocasião, no entanto, os torcedores rivais naquela época pressionaram pelo corpo mole de seus atletas. Postura que não ganha eco na Fiel torcida. Nas redes sociais, a maioria dos corintianos pede empenho do time por uma vitória nas partidas.

'Não tem que perder para ninguém. Entregar é coisa de time pequeno. O Corinthians tem que pensar só no Corinthians. É maior que tudo', escreveu um torcedor na Internet.

Quem conhece bem a rivalidade dentro de campo também não acredita em moleza do Timão contra o Bahia e diante do Vasco. O ex-atacante Dinei, que é corintiano declarado e conquistou três brasileiros pelo clube, lembrou do caráter do elenco e de Tite.

'Pela filosofia do Tite e o caráter do pessoal não vai entregar. Quem faz isso é pessoa sem caráter. O Corinthians é maior que isso e o rebaixamento é problema deles. O Corinthians nunca tem que entregar, queremos ganhar de todos', disse.

Reportagem de André Pires e Felipe Piccoli

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes
  • Sala de cabines de TV da Arena passa a ser chamada Lilácio Pereira Jr.

    Corinthians batiza sala de transmissões da Arena em tributo a vítima de acidente

    ver detalhes
  • Golaço de Marlone sobre Cobresal rendeu a ele indicação ao Puskás

    Marlone supera Messi e Neymar e vai à final do Prêmio Puskás da Fifa

    ver detalhes
  • Luidy (boné) conheceu o CT Joaquim Grava na última quinta-feira

    Contratação do Corinthians vai ao CT pela primeira vez

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes