Comissão do Corinthians se planeja para observar o Chelsea

Comissão do Corinthians se planeja para observar o Chelsea

Espiões de Tite já estão trabalhando de olho nos rivais do Mundial

Espiões de Tite já estão trabalhando de olho nos rivais do Mundial

Foto: Alan Morici / Agência O Dia

A comissão técnica corintiana tem uma reunião na tarde desta terça-feira para definir a estratégia de observação dos prováveis times adversários no Mundial de Clubes, no Japão. Mesmo antes dela, os auxiliares de Tite já demonstram preocupação com o Chelsea e já trabalham para traçar o perfil do possível rival na finalíssima do torneio.

Por isso, o auxiliar Geraldo Delamore, mesmo de folga, em Londres, fez questão de observar os ingleses no duelo contra o Tottenham, no estádio White Hart Lane. No duelo pelo Campeonato Inglês, os ‘Blues’ venceram por 4 a 1, com a ajuda de três brasileiros em campo: David Luiz, Ramires e Oscar.

'O Delamore foi e viu o jogo do Chelsea para fazer até um análise para a gente. Mas já temos observado os últimos jogos e teremos uma reunião para ajustar isso', destacou o outro auxiliar técnico de Tite, Fabio Carille.

A partida entre Corinthians e Chelsea só pode acontecer na final do Mundial de Clubes. Na semifinal, o Timão enfrenta o vencedor do jogo entre o campeão africano e quem passar de Auckland City-NLZ e o campeão japonês.

'Estamos antentos a tudo que pode acontecer e a todos os times', finalizou Carille.

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Michel (à esq.) e o sobrinho foram ao Maracanã naquele 23 de outubro

    Terceiro corinthiano solto no Rio desabafa: 'Fui pra ver o jogo, não pra brigar'

    ver detalhes
  • Torcedores na Arena poderão adicionar patch da Chapecoense em camisas

    Loja da Arena irá personalizar grátis camisas em homenagem à Chapecoense

    ver detalhes
  • Corinthians já definiu profissionais que devem permanecer e ser negociados

    Isaac, Mendoza, Oswaldo... Confira quem chega e quem sai do Corinthians

    ver detalhes
  • É tudo política, estúpido!

    [Marco Bello] É tudo política, estúpido!

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes