No Corinthians serão 'seis finais' até o Mundial de Clubes

No Corinthians serão 'seis finais' até o Mundial de Clubes

Fábio Santos, Alessandro e Paulinho durante o treino do Corinthians

Fábio Santos, Alessandro e Paulinho durante o treino do Corinthians

Acabou a folga (mesmo curta) e o Corinthians está definitivamente focado apenas para a disputa do Mundial, com a utilização dos seis jogos no Brasileiro como preparação para a equipe chegar ‘voando’ ao Japão. A força máxima que Tite colocará em campo, apesar do risco iminente de lesões em seus principais craques, tem um fator determinante para a comissão técnica: enfim, o time terá uma sequência, depois da conquista da Libertadores, para ganhar ritmo e, assim, sanar todas as dúvidas que restam na escalação do time titular, sobretudo no ataque.

Com as baterias recarregadas após o período de descanso dado pelo departamento físico, os titulares corintianos sabem a importância de dar o máximo em campo, mesmo que prejudique ou favoreça rivais dentro da competição pelos resultados positivos que podem acontecer. 'Vamos jogar essas partidas finais no Brasileirão sem ficar pensando em quem vamos tirar pontos. Não nos interessa. Vamos jogar e fazer o nosso melhor', enfatizou o volante Paulinho, que foi o último a ganhar folga no Timão.

Com todos seus jogadores dispostos e na ‘pegada’ para entrar em campo, mesmo sem mais intenções do clube no Nacional, Tite terá a chance, tão aguardada, de dar uma maior sequência de partidas ao peruano Guerrero, que atuou apenas dez vezes pelo clube desde que chegou. Assim, visualizará e tirará suas dúvidas na formação do esquema com ou sem um centroavante. Vale ressaltar que desde a conquista da Libertadores, o comandante não teve todos seus atacantes à disposição. Agora, o titular absoluto Emerson Sheik está em tratamento de uma lesão e a previsão de retorno à equipe é no dia 15 de novembro, contra o Internacional.

Por outro lado, nesta reta final de preparação, os reservas não terão outras chances, como receberam no período de folga, para convencerem definitivamente a integrar a lista dos 23 jogadores para o Mundial. Assim, de forma inteligente, Tite e sua comissão conseguiram motivar todo o elenco no preparo para a disputa no Japão.

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Torcida do Corinthians na capital paulista é do tamanho das três rivais juntas

    Nova pesquisa aponta tamanho da Fiel igual à soma das três torcidas rivais

    ver detalhes
  • Corinthians enfrenta o Brusque nesta quarta-feira, pela Copa do Brasil

    Corinthians inicia semana com decisão pela Copa do Brasil e outro clássico na Arena

    ver detalhes
  • Jadson deve fazer sua reestreia contra o Brusque, em Santa Catarina

    Reestreia de Jadson em Santa Catarina deve ser confirmada nesta segunda-feira

    ver detalhes
  • Cássio falou do bom momento do Corinthians neste início do ano

    Goleiro do Corinthians destaca dedicação, comprometimento e respeito ao comando

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes