Flamengo x Corinthians

Pelo Copa São Paulo de Futebol Júnior, o Corinthians vai vencendo o Flamengo

Acompanhe ao vivo

Após suposta sondagem, meia do Bahia tem queda de rendimento

Após suposta sondagem, meia do Bahia tem queda de rendimento

Não há como negar a influência e importância de Gabriel para o Bahia. Destaque da campanha do título estadual - eleito craque e o melhor meia do Baianão 2012 -, o camisa 8 atuou, até agora, em 19 partidas pela Série A - 18 como titular. Fez quatro gols.

Com ele em campo, o Bahia somou 19 dos atuais 36 pontos que possui. Por fim, é o 'Rei das assistências' (20) do time na temporada. Porém, apesar de tantos méritos, ele não vive uma boa fase, assim como todo o resto do elenco. Assistência para gol, Gabriel não lembra da última vez. Na Série A, houvr apenas uma, no já distante dia 15 de julho, para o tento de Kléberson na derrota, por 2 a 1, para o Flamengo. Gol? Há 12 rodadas, no triunfo, por 1 a 0, sobre o São Paulo, em Pituaçu.

Resultado: o xodó tricolor acaba questionado por alguns torcedores, que chegam a atribuir a queda de rendimento da jovem promessa ao suposto interesse do Corinthians em sua contratação.
Em matéria publicada pelo portal paulista Lancenet!, no último dia 13 - véspera da derrota para o Coritiba (2 a 1) -, a diretoria do Timão revela estar de olho no meia tricolor como reforço para 2013.

Segundo o texto, "nas primeiras sondagens o Bahia haveria fixado o valor de 5 milhões de euros, aproximadamente R$ 13 milhões". Quantia que teria, num primeiro momento, assustado a cúpula alvinegra. Porém, não o suficiente para descartar a contratação, principalmente pelo fato de Gabriel - com contrato com o Bahia até 2015 -, ter como empresário Carlos Leite, amigo pessoal do gestor tricolor, Paulo Angioni.

Sereno e autêntico, Gabriel, por sua vez, faz questão de rechaçar qualquer tipo de relação entre os fatos. Humilde, reconhece o mau momento, mas garante dar a volta por cima contra o Grêmio. "Meu foco é Bahia e só Bahia. Tenho contrato até 2015. Agora, realmente não joguei nada contra o Palmeiras. Diante do Corinthians fui mal, mas não foi o jogo todo. É complicado manter essa regularidade. Não dá para atuar bem todas as partidas", explica.

Gabriel nega sofrer pressão e ressalta a importância do retorno do amigo e artilheiro Souza. "Com o 'Caveira' temos referência no ataque. Deixo mais a responsa para ele marcar os gols (risos). Acho que o grupo todo está sob pressão. Precisamos vencer e assim faremos. Domingo, tenho certeza que a torcida do Bahia vai amanhecer feliz da vida", diz Gabriel, confiante.

Fonte: Portal A Tarde

Veja Mais:

  • Corinthians e Flamengo se enfrentam na Copa São Paulo

    Pelas quartas de final da Copinha, o Corinthians enfrenta o Flamengo na Arena Barueri

    ver detalhes
  • Mantuan e Fabricio Oya estão escalados para o duelo em Barueri

    Corinthians confirma escalação para partida decisiva contra o Flamengo

    ver detalhes
  • Pottker ainda defenderá a Ponte no Paulistão antes de chegar ao Corinthians

    Corinthians acerta contratação de Pottker para depois do Paulistão

    ver detalhes
  • Fabiano durante reino do Corinthians no CT, com Emerson Sheik

    Corinthians prorroga contrato e dá até aumento para volante que nunca jogou

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes