Fábio Santos é mais um a contrariar Tite e desejar jogar pelo Brasil

Fábio Santos é mais um a contrariar Tite e desejar jogar pelo Brasil

503 visualizações 3 comentários Comunicar erro

Fábio Santos foi convocado mas não jogou pela seleção por causa do apagão

Fábio Santos foi convocado mas não jogou pela seleção por causa do apagão

Foto: Mowa/Divulgação

Paulinho não é o único jogador do Corinthians que deseja defender a Seleção Brasileira contra a Argentina na decisão do Superclássico das América, em 21 de novembro, em Buenos Aires – a contragosto do técnico Tite. O lateral esquerdo Fábio Santos também quer aproveitar a oportunidade para chamar a atenção de Mano Menezes.

"O Tite está no direito dele de querer preparar o Corinthians para o Mundial da melhor forma possível. Mas nós, jogadores, sempre vamos querer vestir a camisa do Brasil. Para mim, será mais uma grande chance de fazer um bom jogo e estar com frequência na lista do Mano", avisou.

Com os corintianos Fábio Santos, Paulinho, Cássio e Ralf convocados pelo Brasil (e Martínez pela Argentina), o Superclássico das Américas reúne somente jogadores que atuam nos dois países e seria realizado em 3 de outubro, porém acabou adiado por falta de energia elétrica na cidade de Resistencia.

Um acordo definiu 21 de novembro como nova data para o jogo entre Argentina e Brasil, agora em La Bombonera - onde o Corinthians enfrentou o Boca Juniors na final da Copa Libertadores da América. O duelo não desfalcará os times do Campeonato Brasileiro, porém Tite queria aprimorar a preparação para o Mundial de Clubes. O técnico solicitará a dispensa dos seus atletas.

"Vamos aguardar o que eles vão definir, até porque jogadores de outras equipes estão brigando pelo título brasileiro ou contra o rebaixamento. Respeito o pedido do Corinthians, mas quero jogar, sem dúvida nenhuma", repetiu Fábio Santos.

O lateral esquerdo pretende até usar as próprias ambições do Corinthians para se firmar na Seleção Brasileira. "É claro que o título do Mundial de Clubes valoriza bastante os atletas. Isso faz o treinador do Brasil te olhar de outra maneira. Sei que o Marcelo é o titular da Seleção e que o Mando tem suas preferências, mas vou brigar pelas minhas oportunidades. Estou há dois anos no Corinthians e já tenho a possibilidade de brigar por um terceiro título, todos muito importantes", concluiu Fábio Santos.

Fonte: Super Esportes

Veja Mais:

  • Timão levou gol bizarro em Campinas e só empatou com Red Bull

    Defesa bate cabeça, e Corinthians tropeça diante do Red Bull em noite de gols contra

    ver detalhes
  • Renê Júnior (à dir.) fez sua estreia como titular e deixou boa impressão

    'Salva' de tropeço, dupla corinthiana empata na escolha do craque da partida

    ver detalhes
  • Atuação de Romão em derrota para Ponte Preta preocupou comissão técnica

    Após contratar Juninho, Corinthians busca novo lateral-esquerdo no mercado; Carille explica

    ver detalhes
  • Autora da obra, Katia Bagnarelli é viúva do eterno Doutor

    História de Sócrates é celebrada em lançamento de autobiografia nesta segunda-feira

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes