Supercampeão, Tite é hoje o melhor técnico do país.

Supercampeão, Tite é hoje o melhor técnico do país.

Tite segue no comando do Timão até o fim de 2013

Tite segue no comando do Timão até o fim de 2013

Foto: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

Aos 51 anos, o gaúcho Adenor Leonardo Bacchi, o Tite, atinge o ápice da carreira de treinador no comando do Corinthians. Ele é hoje o melhor técnico do país. Os números e os títulos recentes provam o bom momento do treinador e o sucesso do time alvinegro.

“Dono” dos dois maiores títulos do continente, o Brasileirão e a Libertadores da América – este último conquistado de forma invicta –, Tite se garante no “hall” dos principais técnicos do país e respeitado pela grande maioria das torcidas e imprensa.

Tite renovou nesta quarta-feira contrato com o Corinthians até dezembro de 2013. A renovação deve ser destacada, uma vez que seguir no comando do time do povo por tanto tempo é algo conseguido por poucos profissionais. A pressão de dirigir um dos times mais populares do país é quase desumana, por isso, Tite tem méritos.

O treinador soma duas passagens pelo Corinthians (entre 2004 e 2005 e desde 2010). Desta forma, acumula até agora 189 partidas. Tite ocupa no momento o quinto lugar na relação de técnicos com mais jogos pelo clube.

Até o final do ano, com as partidas restantes do nacional e os jogos no Mundial de Clubes da Fifa, em dezembro, o treinador ultrapassará Nelsinho Batista, que apresenta 192 jogos no comando do Alvinegro.

Caso Tite consiga cumprir até o fim o contrato renovado com o Timão, dará um salto, assumindo a posição de segundo treinador que mais dirigiu o clube em sua história. A primeira colocação, porém, seguirá longe, já que é de Osvaldo Brandão, o qual acumula 439 partidas à frente do Corinthians.

Números à parte, Tite destaca-se atualmente pela forma que conseguiu montar o atual time do Corinthians. Além do equilíbrio nas decisões e da ascendência perante o grupo de atletas, o treinador implantou uma filosofia de jogo moderna, superando a forma de jogar dos demais rivais.

O treinador fez do Corinthians uma equipe competitiva, que apresenta um futebol de força na marcação e velocidade com a bola nos pés. Algo muito parecido com o futebol praticado nos principais centros europeus.

Não à toa, o Alvinegro conseguiu o título de campeão brasileiro no ano passado e a inédita Libertadores da América neste ano e de forma invicta.

Tite teve um início conturbado em sua volta ao Corinthians, em 2010. Chegou na reta final do Brasileirão, não conseguindo a reação esperada com o time, que acabou perdendo o nacional.

Na sequência, Tite acabou eliminado de forma vexatória da Pré-Libertadores, diante do inexpressivo Tolima. A pressão pela sua demissão foi enorme, mas o então presidente Andrés Sanches acabou segurando o treinador no cargo. Com tempo para trabalhar e apoio do comando, o treinador conseguiu os resultados e os títulos.

Tite alcança o ápice da carreira de treinador no comando do Corinthians, tornando-se técnico de ponta no futebol brasileiro e tendo seu nome, inclusive, cogitado para assumir a seleção brasileira, diante de uma possível demissão de Mano Menezes.

A renovação de contrato de Tite com o Corinthians é um prêmio ao treinador e ao clube. Uma dobradinha que vem dando certo e não tinha motivos para mudar. A renovação era esperada e justa.

Fonte: Terceiro Tempo

Veja Mais:

  • Alan Santos tem conversas avançadas com Corinthians

    Corinthians negocia contratação de volante do Coritiba, diz portal

    ver detalhes
  • Giovanni Augusto treinou como lateral nesta terça-feira

    Giovanni na lateral, mudança na zaga e susto de Rildo: o treino desta terça do Corinthians

    ver detalhes
  • Corinthians encara o Cruzeiro neste domingo, no Mineirão

    Resultado no Mineirão vale mais que os três pontos para Corinthians e Cruzeiro; entenda

    ver detalhes
  • Walter prestará homenagem a Danilo em suas luvas

    Walter usará luva personalizada em tributo a ex-goleiro da Chapecoense Danilo

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes