Tite admite assédio de outros clubes: 'Se disser que não, é mentira'

Tite admite assédio de outros clubes: 'Se disser que não, é mentira'

1.3 mil visualizações 4 comentários Comunicar erro

Tite estendeu seu contrato com o Corinthians até dezembro de 2013. Nesta sexta-feira, o comandante falou sobre a renovação do acordo e projetou qual é o seu objetivo à frente da equipe: o Mundial de Clubes.

'Primeiro, meu agradecimento ao Corinthians por abrir as portas. O clube escolhe seus técnicos e, de novo, apostou na competência e no caráter. Se de alguma forma eu participei de um título que o clube não tinha, agora pode ser o único que falta na minha carreira. Falta o Mundial. O Corinthians pode ajudar nesse grande sonho', declarou o treinador.

Contratado em outubro de 2010, Tite reconhece que recebeu sondagens de outras equipes. Porém, preferiu minimizar o fato.

'Não quero falar sobre isso. Definimos o contrato e eu estou feliz no Corinthians. Se eu falar que sim (tive propostas), vou especular. Se disser que não, será mentira. Estou muito feliz. Tenho a possibilidade de conquistar o maior título do mundo, algo que construímos juntos. Ser técnico do Corinthians é uma valorização extraordinária', explicou.

Tite ainda falou que o acordo já vinha sendo conversado há muitos meses com a cúpula de futebol.

'Estávamos conversando há bastante tempo, foi uma coisa mais sigilosa. É um momento muito especial. Esse convite para a permanência foi muito importante', completou.
 

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Roger fez seu primeiro gol pelo Corinthians

    Corinthians cede empate ao Sport e perde chance de reassumir liderança do Brasileirão

    ver detalhes
  • Corinthiano Mantuan durante jogo contra o Sport, pelo Campeonato Brasileiro

    Fiel 'esquece' Roger e elege dois defensores como craques do Corinthians no empate contra Sport

    ver detalhes
  • Corinthians tropeçou no Sport neste domingo

    Corinthians perde uma posição e vê 'perigoso concorrente' assumir liderança do Brasileirão

    ver detalhes
  • Fábio Carille conversou com a imprensa sobre possível saída do Corinthians

    Carille sobe tom, ataca imprensa, mas confirma sondagem: 'Se chegar proposta, vou pensar'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes