Tite admite assédio de outros clubes: 'Se disser que não, é mentira'

Tite admite assédio de outros clubes: 'Se disser que não, é mentira'

Tite estendeu seu contrato com o Corinthians até dezembro de 2013. Nesta sexta-feira, o comandante falou sobre a renovação do acordo e projetou qual é o seu objetivo à frente da equipe: o Mundial de Clubes.

'Primeiro, meu agradecimento ao Corinthians por abrir as portas. O clube escolhe seus técnicos e, de novo, apostou na competência e no caráter. Se de alguma forma eu participei de um título que o clube não tinha, agora pode ser o único que falta na minha carreira. Falta o Mundial. O Corinthians pode ajudar nesse grande sonho', declarou o treinador.

Contratado em outubro de 2010, Tite reconhece que recebeu sondagens de outras equipes. Porém, preferiu minimizar o fato.

'Não quero falar sobre isso. Definimos o contrato e eu estou feliz no Corinthians. Se eu falar que sim (tive propostas), vou especular. Se disser que não, será mentira. Estou muito feliz. Tenho a possibilidade de conquistar o maior título do mundo, algo que construímos juntos. Ser técnico do Corinthians é uma valorização extraordinária', explicou.

Tite ainda falou que o acordo já vinha sendo conversado há muitos meses com a cúpula de futebol.

'Estávamos conversando há bastante tempo, foi uma coisa mais sigilosa. É um momento muito especial. Esse convite para a permanência foi muito importante', completou.
 

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Pedro Henrique foi uma das baixas do Corinthians no treino desta sexta

    Com dois desfalques, Corinthians se reapresenta já de olho em duelo contra Grêmio

    ver detalhes
  • Jô pode não viajar até a cidade de Tunja, na Colômbia

    Corinthians deve poupar jogadores e pode ter vários jovens da base na Colômbia

    ver detalhes
  • Guilherme Torres jogará mais quatro anos no Deportivo La Coruña

    Recopa, invasão da Fiel no Japão, Carille, La Coruña... Guilherme Torres fala ao Meu Timão

    ver detalhes
  • Pablo foi tranquilizado mais uma vez pela diretoria do Corinthians, que segue confiante

    Sem pressa e confiante: diretoria do Corinthians nem cogita possibilidade de perder Pablo

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes