Guerrero comemora gol contra Vasco, mas lamenta suspensão

Guerrero comemora gol contra Vasco, mas lamenta suspensão

O atacante Guerrero deixou o Pacaembu com sentimentos opostos após a vitória por 1 a 0 contra o Vasco. Ao mesmo tempo que conseguiu marcar seu terceiro gol no clube e agradar o técnico Tite, lamentou o seu terceiro cartão amarelo que o impedirá, mais uma vez, de ter uma sequência maior com a camisa corintiana para conseguir se firmar definitivamente na equipe titular e, assim, ser titular no Mundial de Clubes no Japão.

'Eu quero isso (ter uma sequência maior), mas ultimamente eu tive que jogar pela minha seleção (pelas Eliminatórias Sul-Americana para a Copa de 2014). Isso foi complicado, mas agora não tem mais a seleção. Agora é concentrar para jogar bem no Corinthians e chegar bem ao Mundial', disse o atacante, que será ausência, por suspensão, para o jogo diante do Atlético-GO, na próxima rodada do Brasileirão.

Ciente que tem esta reta final do Nacional para convencer Tite a escalá-lo na equipe titular, já que o treinador ainda tem dúvidas na formação do sistema ofensivo para o torneio no Japão, Guerrero destaca que tem se sentido mais à vontade em campo para mostrar seu bom futebol.

'O entrosamento tem sido muito importante para mim, cada vez fico mais relaxado para jogar. Já conheço como meus companheiros jogam, o que é importante. Agora é concentrar para chegar melhor ao Mundial. A briga é boa no ataque para ser titular. Tem muitos jogadores bons, por isso tem que trabalhar muito', disse o atacante, que ainda não se vê como titular da equipe na disputa do Mundial, apesar dos indicativos favoráveis de Tite.

'Não me vejo. Aqui tem que lutar para ficar como titular, afinal é o treinador que vai definir pelo empenho em campo. Mas estou trabalhando para isso', comentou o confiante atacante. 'Nosso time está no caminho certo para chegarmos bem ao Mundial', completou.

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Arana pode se transferir para a Inter de Milão nos próximos dias

    Com oferta na mão, Corinthians espera retorno de presidente para definir venda de Arana

    ver detalhes
  • Corinthians optou por não utilizar redes sociais em respeito ao momento

    Corinthians suspende redes sociais em dia de velório coletivo da Chapecoense

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians se despediu da Arena no empate por 0 a 0 com o Atlético-PR

    Maior do país, público do Corinthians é duas vezes a média do Brasileirão 2016

    ver detalhes
  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes