Corinthians recupera campo da Fazendinha para categorias de base

Corinthians recupera campo da Fazendinha para categorias de base

Estádio vai ser utilizado pelas categorias de base

Estádio vai ser utilizado pelas categorias de base

Foto: Divulgação

Por este gramado passaram vários ídolos da nação corintiana. Até Ronaldo Fenômeno desfilou sua habilidade durante os treinamentos antes da construção do CT Joaquim Grava. Abandonado pelo time profissional, o estádio Alfredo Schürig, conhecido como Fazendinha, está fechado desde dezembro de 2011, quando o local recebeu um evento de automobilismo. Mas a história vai voltar a ser construída no Parque São Jorge. Faltando apenas os últimos detalhes, a Fazendinha receberá novamente jogos das categorias de base do Timão, com previsão para o próxima dia 10.

'A previsão é que seja liberada para uso no dia 10 de novembro. Vamos depender apenas de ter jogos das categorias para utilizá-lo', revelou Fernando Alba, diretor de futebol de base.

Completamente destruído por causa de um rali promovido por Rubinho Barrichello no fim do ano passado, o gramado já está um tapete. O MARCA BRASIL visitou as obras e conversou com Agnello Gonçalves, coordenador da base.

'Estamos aguardando apenas que as placas de gramas fiquem unificadas para liberar o campo. Depois disso, em um dia fazemos as marcações', explica o dirigente, enquanto alguns funcionários trabalhavam no gramado.

A recuperação do gramado do Parque São Jorge traz de volta não só um patrimônio do clube, como também a construção de um elo entre os torcedores e a garotada do clube. Disputando seus jogos no campo do Flamengo de Guarulhos, clube parceiro do Corinthians, as equipes amadoras pouco convivem com os barulhos das arquibancadas.

'Com a reinauguração da Fazendinha vamos ter a possibilidade de criar uma identidade nos atletas, pois estamos dentro da sede social. Já tivemos experiência no passado do torcedor vir em títulos da garotada e lotar. Sabemos do que é entrar no Pacaembu lotado e aqui poderemos criar a identificação no jogador, de estar jogando no Corinthians', afirmou Gonçalves.

Atualmente, os garotos frequentam a sede do clube para a realização de alguns treinos no antigo terrão do Parque São Jorge, que foi modernizado no fim de 2008 e conta com gramado sintético. Em conversa com os atletas, eles garantem que sentem algumas dificuldades nos treinamentos pois a bola corre diferente. Por este motivo, o campo da Fazendinha será com grama natural.

O gramado natural é mais próximo da realidade que eles vão viver. Pelo processo de aprendizado e formação destes garotos é importante', disse. O Corinthians negocia ainda com empresas para que o Parque São Jorge seja utilizado como uma arena de shows.

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Alan Mineiro gostaria de permanecer no Corinthians, mas não está nos planos do clube

    Alan Mineiro deve ser vendido pelo Corinthians e disputar a Série B em 2017

    ver detalhes
  • É tudo política, estúpido!

    [Marco Bello] É tudo política, estúpido!

    ver detalhes
  • Diversos torcedores não conseguiram efetuar a troca de ingressos

    Com fila absurda e nova confusão, torcida do Corinthians esgota ingressos para final da LNF

    ver detalhes
  • Oswaldo negou que seus treinos sejam repetitivos

    Oswaldo volta a sinalizar escalação do Corinthians em coletivo e explica semana de treinos

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes