Dono da TV Corinthians desmente venda da emissora para Twice 360ª

Dono da TV Corinthians desmente venda da emissora para Twice 360ª

Segundo Carreiras, não existe nenhum contrato assinado com a Twice 360ª. Ele conta que o grupo chegou a fazer uma proposta para compra da emissora, mas não apresentou garantias financeiras para concluir o negócio. “O dono da Twice não tem estrutura financeira para comprar a TV Corinthians”, diz.

Para o dono da emissora do clube paulista, as diversas informações sobre venda da TV Corinthians não passam de “boatos de pessoas mal intencionadas”.

Carreiras admite negociação com outros grupos de m?dia para ampliar a atuação da emissora. “Estou negociando com dois grupos de mídia para serem meus sócios e, assim, melhorar e ampliar a TV Corinthians”, garante.

De acordo com ele, a TV Corinthians está buscando aumentar sua atuação com a entrada nas principais operadoras de TV paga. “Com a nova lei estamos tentando encaixar a emissora como uma TV de conteúdo qualificado. Se ocorrer essa modificação, isso facilitará a entrada em outras operadoras. Inclusive, as negociações com a NET estão bem avançadas”, afirma Carreiras.

O dono da emissora corintiana conta que a TV passou por uma reestruturaçao. No entanto, hoje as atividades estão normalizadas e o canal está crescendo.

Fonte: PortalImprensa

Veja Mais:

  • Marlone foi o destaque do treino desta quinta-feira

    Marlone marca, Caíque ganha chance e Oswaldo volta a ensaiar escalação do Corinthians

    ver detalhes
  • Léo Jabá, marcado por Balbuena a imagem acima, está à disposição de Oswaldo

    Léo Jabá tranquiliza Corinthians após susto e está à disposição para jogo contra Cruzeiro

    ver detalhes
  • Corinthians tem missão complicada por vaga na Libertadores

    Resultado da Copa do Brasil complica ainda mais situação do Corinthians rumo à Libertadores

    ver detalhes
  • Guilherme Arana disputará Sul-Americano no Equador

    Corinthianos são convocados para Sul-Americano Sub-20; Jabá fica fora

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes