Fabio Luciano elogia trabalho feito no Corinthians atualmente

Fabio Luciano elogia trabalho feito no Corinthians atualmente

Faltam apenas 38 dias para a estreia do Corinthians no Mundial de Clubes, no Japão, em 12 de dezembro. A luta pelo título internacional mobiliza jogadores, Tite, a torcida e até ex-jogadores, que estão na expectativa de ver o clube no topo do futebol mundial. Quem já esteve lá, sabe o sabor especial que tem. Em entrevista ao MARCA BRASIL, o zagueiro Fábio Luciano, campeão mundial em 2000, elogia a preparação do clube para a disputa do torneio e a dupla de zaga Chicão e Paulo André, e critica as piadinhas sobre a conquista do primeiro mundial.

MARCA BRASIL: Você foi campeão mundial em 2000 pelo Corinthians. Como avalia a preparação que está sendo feita hoje?
Fábio Luciano: Eu acho que a preparação está tudo dentro de como é para ser. O time é forte, tem peças boas em todas as posições. Além disso, o Tite é um baita treinador, que conhece bem o grupo. Hoje, conheço a estrutura atual do clube e posso dizer, não deve para nenhuma do mundo.

Com tudo isso que você mencionou, é possível o Corinthians conquistar o bicampeonato no Japão?
Não tenho dúvida, o time do Corinthians tem como ganhar o título, sim. É difícil, pois o Chelsea é um bom time, mas dá para jogar de igual para igual com eles. O Corinthians vive um momento favorável. O time está com tranquilidade, vive um momento de paz dentro do clube, o que é importante para a preparação e para o jogador entrar e campo. Isso influencia muito dentro do dia a dia do trabalho

Os clubes rivais questionam o Mundial de 2000 e alguns jogadores atuais até esquecem da conquista. Como você encara tudo isso?
Para a gente que jogou o Mundial de 2000 vale muito. Aquele foi um torneio realizado pela maior entidade do futebol, a Fifa. Dificilmente vai ter um torneio com tanta qualidade técnica e as forças que participaram daquela edição. Nunca mais vão juntar duas potências da Europa (Manchester United e Real Madrid) com duas grandes equipes do Brasil (Vasco e Corinthians). O melhor de tudo, ninguém mais vai conseguir ser campeão mundial em casa, no Brasil, com o Maracanã de cenário. Eu falo para todo mundo, a medalha está bem guardada na minha casa, mas deixo à mostra para todos, pois tenho muito orgulho. Sei quanto foi difícil conquista-lá.

Mesmo vencendo uma competição com Manchester United, Real Madrid e representantes do mundo inteiro com o aval da Fifa ainda existem piadinhas sobre o título. Por quê?
Quem fala que não vale tem muita inveja daquela conquista. Volto a dizer, não sei quando alguém vai conquistar o título mundial em seu país. Tenho algumas conquistas no futebol e falo, sem dúvida, que é o título mais importante da minha carreira como jogador.

Algumas pessoas questionam a dupla de zaga atual. Questionam a velocidade do Paulo André e o jogo aéreo do Chicão. Você gosta desta dupla?
Eu acho que é a dupla que tem que jogar o Mundial, não tenho dúvida. É a dupla certa para um jogo decisivo, pois são jogadores experientes, se conhecem e se completam. Eu não trocaria eles por qualquer zagueiro que está jogando no futebol brasileiro. Vejo o sistema defensivo bem tranquilo, consolidado. É uma defesa quase imbatível em campo.

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Romero foi bastante participativo no primeiro tempo, mas 'sumiu' na etapa final

    Sem criar chance de gol, Corinthians cai na pilha do Racing e é eliminado da Sul-Americana

    ver detalhes
  • Rodriguinho foi expulso após dar solada no atleta adversário

    Fiel não perdoa, e Rodriguinho beira nota zero em eliminação do Corinthians na Argentina

    ver detalhes
  • Rodriguinho deixou El Cilindro sem conversar com a imprensa

    Rodriguinho pede desculpas ao elenco por expulsão, mas opta pelo silêncio na zona mista

    ver detalhes
  • Adauto falou com a imprensa na saída do estádio El Cilindro

    Diretor do Corinthians detona arbitragem na Argentina: 'Verdadeiros artistas'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes