Gobbi evita pressão sobre jogadores antes do Mundial

Gobbi evita pressão sobre jogadores antes do Mundial

Gobbi evita pressão sobre jogadores antes do Mundial

Gobbi evita pressão sobre jogadores antes do Mundial

O presidente do Corinthians, Mário Gobbi, afirmou nesta segunda-feira que o Corinthians está preparado para disputar o Mundial de Clubes, em dezembro, no Japão. Mas destacou que o clube não fará do título uma obsessão, como aconteceu com a Libertadores.


'Ganhar ou perder não vai, em hipótese alguma, tirar o ano maravilhoso que o Corinthians teve, único em sua história. E não vai torná-lo maior nem menor', disse, em entrevista no anfiteatro do Parque São Jorge.

Gobbi adota um discurso muito semelhante ao que antecedeu a disputa da Libertadores. Ele tentou tirar das costas do elenco a pressão que existia no clube por nunca ter ganho a competição. 'O Corinthians é um gigante, não há o que mexer na sua grandiosidade'.

O presidente disse que 'ganhar ou perder' o Mundial depende de um 'mar de detalhes', mas acredita que o Corinthians disputará o torneio do Japão jogando um futebol à altura do time que venceu a Libertadores.

Segundo ele, o primeiro jogo, a semifinal, será difícil porque será a 'estreia', e que o Corinthians não pode entrar em campo já pensando numa possível final contra o Chelsea, da Inglaterra.

O Corinthians estreia no Mundial de Clubes dia 12 de dezembro. O rival do primeiro confronto ainda não está definido. Entre as possibilidades estão um time africano, um da Oceania ou o campeão japonês.

O Al-Ahly, do Egito, e o Espérance, da Tunísia, empataram por 1 a 1 o primeiro jogo da final da Copa dos Campeões Africanos. O jogo da volta será no dia 17. O vencedor deste confronto espera o ganhador de Auckland City, da Nova Zelândia, e o campeão japonês.

A quatro rodadas do fim, o Sanfrecce Hiroshima lidera com 55 pontos, mas está empatado com o Vegalta Sendai, no Japão. É deste cruzamento que sairá o adversário do Corinthians na semifinal. Se avançar, a final será disputada no dia 16, em Yokohama. O Chelsea é o favorito do outro lado da chave para alcançar a decisão.

Fonte: Futebol Interior

Veja Mais:

  • Pablo foi campeão paulista e brasileiro pelo Corinthians em 2017

    Corinthians volta a negociar com Pablo e pode contratá-lo para 2018, diz portal

    ver detalhes
  • Vasconcelos deve ter contrato estendido com o Timão até o fim de 2019

    Corinthians prepara extensão de contrato a artilheiro da Copinha

    ver detalhes
  • Roberto de Andrade botou panos quentes nas especulações envolvendo Scarpa e Henrique

    Presidente do Corinthians esfria possibilidade de contratar dupla do Fluminense para 2018

    ver detalhes
  • Kazim não deve permanecer no Corinthians em 2018

    Corinthians quer definir destino de Kazim nos próximos dias; chegada de Dutra deve atrapalhar turco

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes