Após queixas de Martínez, Tite admite tratar reclamações com 'sangue frio'

Após queixas de Martínez, Tite admite tratar reclamações com 'sangue frio'

Martínez marcou o primeiro gol do Corinthians no último domingo

Martínez marcou o primeiro gol do Corinthians no último domingo

Foto: Martínez marcou o primeiro gol do Corinthians no último domingo |  Foto: Agif

Após toda a repercussão das reclamações do atacante argentino Martínez, que declarou que não ficaria no Corinthians caso não ganhasse mais oportunidades entre os titulares, o técnico Tite demonstrou que não gostou da atitude do atleta, mas se controlou para manter a postura, mesmo admitindo que o fato acabou o deixando de 'sangue quente'.

'Certas pessoas reagem de maneiras diferentes a uma provocação. Eu procuro me conter. Eu também tenho meu lado negro. Tenho vontade de responder no mesmo tom. Mas aí eu lembro do posto que eu ocupo, do meu passado e do time que eu dirijo. Eu também tenho que ver o contexto que a resposta foi dada diante de uma provocação. Eu já fui intempestivo, mas não sei se é o meu sangue frio, sangue de barata ou a experiência que eu tenho. Agora a gente vai segurando a peteca e precisa olhar a resposta no conjunto da obra', declarou.

Ao comentar sobre a forte concorrência entre os jogadores do Timão, Tite relembrou o fato ocorrido no início da temporada, quando jogadores de grande qualidade acabavam marcando presença no banco de reservas. Segundo o treinador, é necessário que cada atleta se conscientize que é necessário fazer um trabalho em prol do clube.

'Lutar não é nem o termo a ser usado, mas sim conscientizar. Eu vou conscientizar os atletas de que a equipe é forte. Assim como aconteceu com o Willian, Liedson, Alex, Castán... Aqui tem uma equipe forte e vamos tentar permanecer com todos. Mas o atleta tem que querer e o técnico precisa achar bom. Precisamos conjugar estes fatores e ver o que é bom para nós', concluiu.

Após o fato, Martínez marcou presença entre os titulares na partida do último domingo, contra o Atlético-GO, e marcou o primeiro gol da equipe na vitória por 2 a 0.

 

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Gaviões da Fiel foi a primeira das torcidas a chegar no Pacaembu neste domingo

    Organizadas chegam ao Pacaembu para ato em homenagem à Chapecoense

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes
  • Filha dá resposta sensacional ao pai palmeirense: 'Vai, Corinthians'

    Pai força garotinha a cantar música do Palmeiras, e ela surpreende com um 'Vai, Corinthians!'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes