De unanimidade e titular absoluto no Peru, Guerrero trava árdua batalha por vaga no Mundial

De unanimidade e titular absoluto no Peru, Guerrero trava árdua batalha por vaga no Mundial

Ídolo peruano, Paolo Guerrero tem vida mansa para atuar no ataque e se firmar no time titular. Mas essa moleza acontece só lá no Peru...Aqui no Brasil, o atacante não é unanimidade entre os concorrentes do setor ofensivo e sabe que não tem a certeza de que será titular do time do técnico Tite na disputa do Mundial de Clubes. Problema para quem está acostumado a ser o protagonista em seu país? Muito pelo contrário para o trabalhador camisa 9 alvinegro, que sabe que sua condição não está garantida para o torneio no Japão.

'Sei que consigo a vaga demonstrando no campo, a  cada dia. Quando você vai jogar, dez ou quinze minutos, tem mostrar seu futebol. Essa é a única forma (de ser titular no Corinthians). Tenho que trabalhar muito, e o treinador é quem decide', disse o atacante, que é contido para falar sobre a condição de suplente no time corintiano do que seu colega estrangeiro de Timão, o argentino Martínez.

'Vou trabalhar a cada treino, a cada dia. Mas eu respeito a decisão do treinador, porque ele é quem manda. Eu  fico trabalhando sempre', respondeu Guerrero, quando questionado se tem um pensamento similar ao de Martínez. O atacante argentino disse, na última semana, que caso não conquiste a titularidade até fevereiro de 2013 deixará o Timão porque deseja ter visibilidade para ser lembrado pelo técnico da seleção argentina, Alejandro Sabella.

Paolo Guerrero foi titular na última partida do Timão no Campeonato Brasileiro, na goleada por 5 a 1sobre o Coritiba, no Pacaembu, marcou um gol e foi elogiado pelo técnico Tite. Desde que chegou ao clube, depois da conquista da Taça Libertadores, em julho, o peruano acumulou 12 partidas e quatro gols.

O atacante é atualmente um dos preferidos do técnico Tite para formar seu sistema ofensivo para a disputa do Mundial de Clubes. As últimas atuações do camisa 9 corintiano fizeram Tite ter ainda mais confiança em sua utilização na equipe titular. A tendência é a de que o peruano seja o titular ao lado de Emerson durante a competição no Japão, apesar de Sheik ainda correr contra o tempo para se recuperar de uma lesão no joelho direito.

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Farfán foi companheiro de Guerrero na seleção do Peru

    Jornalista revela interesse do Corinthians em atacante peruano

    ver detalhes
  • Camisa a ser usada pelo Corinthians contra o Cruzeiro tem escudo da Chapecoense

    Em ação no Twitter, Corinthians exibe uniforme em homenagem à Chapecoense

    ver detalhes
  • Equipe feminina do Timão foi ao CT Joaquim Grava no início de novembro

    Corinthians renova parceria com Audax e confirma equipe feminina para 2017

    ver detalhes
  • Castán posta foto com taça do penta e recebe pedidos para voltar; veja

    Castán posta foto com taça do penta e recebe pedidos para voltar; veja

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes