Tite afirma: 'Libertadores é mais importante do que o Mundial'

Tite afirma: 'Libertadores é mais importante do que o Mundial'

Para o treinador, 'Mundial é só status'

Para o treinador, 'Mundial é só status'

Foto: Alan Morici / Agência O Dia

A disputa do Mundial de Clubes, em dezembro, não é tão importante em comparação com a Libertadores. A afirmação do técnico Tite, contra a de muitos torcedores corintianos que já sonham com o possível título diante do Chelsea-ING, tem uma explicação: vencer o torneio continental é mais difícil, enquanto a competição no Japão tem mais marketing.

'Pela característica da competição, a Libertadores é mais importante. O Mundial é status, são dois jogos. é do momento que a equipe chegar e de um dia inspirado de seu atleta ou de um adversário. A Liga dos Campeões e a Libertadores são títulos com características mais fortes. , por serem classificatórios, mata-mata, ida e volta, com 14 jogos. É uma competição mais pesada, enquanto o Mundial tem uma dimensão maior e te dá marketing maior', disse o técnico Tite, em entrevista coletiva, na manhã desta segunda-feira, no CT Joaquim Grava.
 
O Corinthians conquistou a Libertadores nesta temporada com uma campanha ivicta, nos 14 jogos que disputou, Foram oito vitórias e seis empates. No Mundial de Clubes, o Corinthians estreará no dia 12 de dezembro, ainda com um adversário indefinido, na cidade de Toyota. Se avançar de fase, enfrenta na final ou Chelsea ou Monterrey-MEX, no dia 16 de dezembro, em Yokohama.

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Corinthiano Luidy é o novo reforço do Figueirense

    Anunciado por clube da Série B, Luidy agradece Corinthians

    ver detalhes
  • Timão e Caixa não chegaram a acordo pela renovação

    Corinthians recebe ofertas, mas pode permanecer sem patrocínio master na decisão; veja imposições

    ver detalhes
  • Fagner não corre risco de perder finais do Paulistão

    Julgamento de Fagner por suposta agressão no Majestoso acontecerá só após finais do Paulistão

    ver detalhes
  • Jadson, com a 10, fez um dos gols contra a Universidad de Chile na Arena

    Corinthians vai devolver camisa 10 a Jadson; utilização na decisão ainda é incógnita

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes