Poderoso Timão lança linha de produtos 'Invasão Corintiana'

Poderoso Timão lança linha de produtos 'Invasão Corintiana'

Poderoso Timão lança linha de produtos 'Invasão Corintiana?

Poderoso Timão lança linha de produtos 'Invasão Corintiana?

A Poderoso Timão, rede de lojas oficiais do Corinthians, coloca à disposição da Fiel Torcida a nova coleção de produtos, em referência ao Mundial de Clubes da FIFA, que para o Timão terá início no dia 12 de dezembro.

A coleção 'Invasão Corintiana? conta com modelos que remetem à cultura nipônica, como a bandeira vermelha, o templo e também o mapa japonês. Além disso, alguns dos maiores símbolos alvinegros, como o Padroeiro São Jorge também estão presentes na linha.

'Estamos lançando essa linha com o apoio e a campanha do Departamento de Marketing do Corinthians, pois a torcida corintiana tem mostrado seu amor, na compra dos ingressos, nas inúmeras histórias de preparação para a viagem, e temos certeza de que teremos uma invasão no Japão, mostrando ao mundo que a torcida corintiana é a mais fiel e apaixonada?, afirmou Sylvio Tieppo, gerente de desenvolvimento de produtos da SPR Franquias, empresa responsável pela Poderoso Timão.

A linha exclusiva referente ao Mundial da FIFA já está à disposição dos torcedores em toda a rede Poderoso Timão.

Fonte: Futebol Interior

Veja Mais:

  • Fausto Bittar Filho era diretor da base da Corinthians

    Ex-diretor da base fala ao Meu Timão: 'Só peço que não retroceda o que estava sendo feito'

    ver detalhes
  • Pedrinho é a grande novidade entre os titulares

    Apostando na força da base, Corinthians recebe o Red Bull Brasil na Arena

    ver detalhes
  • Marlone está deixando o Corinthians para atuar no Atlético-MG

    Postura de Marlone no dia a dia fez diretoria do Corinthians aceitar pedido de liberação de agente

    ver detalhes
  • Corinthians fez a alegria em dia de treino da Seleção Brasileira

    Garoto rouba cena e manda ‘Vai, Corinthians’ para Casemiro em treino da Seleção; veja o vídeo

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes