Corinthians fará festa dos campeões

Corinthians fará festa dos campeões

O Corinthians só embarcará para o Japão na madrugada de 4 de dezembro, mas hoje, às 19h30, no Pacaembu, promete fazer uma despedida em grande estilo diante do Santos. Como não atuará mais como mandante no estádio até a viagem, o clube usará o clássico para dar o “até logo” aos torcedores. E, para passar boas vibrações, nada melhor do que os campeões mundiais de 2000 prestigiando a partida.

Os vencedores do primeiro Mundial de Clubes organizado pela Fifa estarão no Pacaembu. É bem verdade que o time atual nada tem a ver com aquele de 12 anos atrás, mas, se o resultado ao final da competição for o mesmo, com certeza nenhum torcedor alvinegro reclamará.

O time atual, por exemplo, é muito mais unido. No de 2000, Rincón não gostava de Edílson, que virava o nariz para Marcelinho Carioca, que agia por trás de outros jogadores e irritava Rincón e assim por diante. No grupo de Tite, as brigas são muito raras e, nas poucas discussões, nada saiu do vestiário.

O elenco campeão da Libertadores também tem menos astros. Todos correm por todos, sem vaidade. Em 2000, o time era formado, na maioria, por jogadores consagrados. Dida, Rincón, Marcelinho Carioca, Edílson, Luizão... A equipe era uma verdadeira constelação.

Até o caminho para a competição foi diferente. Tite & Cia. tiveram de vencer a Libertadores, enquanto o título do Brasileirão bastou para o elenco de 12 anos atrás ingressar no Mundial. Mas, no fim das contas, o que vale é o resultado e, se a taça vier mais uma vez ao Parque São Jorge, as boas vibrações dos campeões terão valido a pena.

Desfalques/ No último duelo como mandante antes de embarcar, Tite poupará os quatro jogadores que defenderam Brasil ou Argentina no Superclássico da última quarta-feira. Paulinho, Fábio Santos, Ralf e o argentino Martínez não treinaram ontem e só entrarão em campo em caso de necessidade. Edenílson, Guilherme Andrade, Anderson Polga e Romarinho ficaram com as vagas.

Suspenso, Chicão e Douglas cedem os lugares deles para Wallace e Emerson Sheik.

Já o Santos vive situação parecida. A equipe tem um desfalque, mas é “o” desfalque: com três cartões amarelos, Neymar não entra em campo. Com a ausência, Muricy Ramalho fez mudanças. A equipe deve atuar semelhante ao Timão, no 4-2-3-1, com Crystian e Pato Rodríguez aberto pelas pontas e Felipe Anderson na armação, com André na frente.

Fonte: Rede Bom Dia

Veja Mais:

  • Michel (à esq.) e o sobrinho foram ao Maracanã naquele 23 de outubro

    Terceiro corinthiano solto no Rio desabafa: 'Fui pra ver o jogo, não pra brigar'

    ver detalhes
  • Torcedores na Arena poderão adicionar patch da Chapecoense em camisas

    Loja da Arena irá personalizar grátis camisas em homenagem à Chapecoense

    ver detalhes
  • Corinthians já definiu profissionais que devem permanecer e ser negociados

    Isaac, Mendoza, Oswaldo... Confira quem chega e quem sai do Corinthians

    ver detalhes
  • É tudo política, estúpido!

    [Marco Bello] É tudo política, estúpido!

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes