Sheik aprova 'treino' contra o Santos para o Mundial

Sheik aprova 'treino' contra o Santos para o Mundial

O empate por 1 a 1 contra o Santos, na noite deste sábado, no Pacaembu, foi um grande teste para a disputa do Mundial de Clubes. Essa é a opinião do atacante Emerson, que enxergou aspectos importantes quie o grupo vivenciou durante o clássico paulista visando o que enfrentará na disputa do torneio no Japão.

'Acho que serve como preparação. Não vai ser moleza lá (no Japão) também.O Santos se portou bem. Achou o gol e depois trabalhou a bola . Talvez seja isso que encontraremos lá. A parte psicologica também vai ser importante no Mundial. O que o Santos fez no Pacaembu foi bom para a gente', disse o atacante, que atuou no time titular ao lado do peruano Guerrero.

A análise de Sheik deixa a comissão técnica corintiana contente pelo fato dos jogadores terem compreendido que os jogos finais no Campeonato Brasileiro servem como preparação para o Mundial. Tite salientou que o clássico era um grande teste para a equipe.

Durante a partida, o Corinthians encontrou dificuldades para resultar sua superioridade em gol. Levou um susto no primeiro tempo com o gol, em um lance de contra-ataque, do meia Felipe Anderson, aos 35 minutos. Depois, sofreu para chegar ao empate pelo fato do Santos ter recuado em campo. Pelas mudanças táticas e de postura, a equipe conseguiu chegar ao empate. 

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Kazim terá nova oportunidade como titular diante do Palmeiras

    Em treino aberto na Arena, Carille define novo Corinthians para clássico

    ver detalhes
  • Treino com torcida na Arena Corinthians não é novidade

    Organizadas pedem e último treino antes do Dérbi terá presença da torcida na Arena Corinthians

    ver detalhes
  • Jadson deve ser opção a partir da próxima quarta-feira, dia 1

    Jadson confirma que se colocou à disposição para enfrentar o Palmeiras e crava jogo da reestreia

    ver detalhes
  • Sanchez e Roberto de Andrade seguem aliados na política do Corinthians

    Fortalecido após veto do impeachment, Andrés Sanchez cogita voltar à presidência do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes