Clássico serviu como teste para o Mundial, diz Emerson

Clássico serviu como teste para o Mundial, diz Emerson

410 visualizações 4 comentários Comunicar erro

O Corinthians fez sua última partida como mandante no Pacaembu antes do Mundial de Clubes no último sábado. Os mais de 34 mil espectadores que estiveram no estádio não puderam comemorar uma vitória, mas o empate por 1 a 1 no clássico com o Santos agradou os jogadores. O atacante Emerson, por exemplo, celebrou o resultado e disse que a partida serviu como um bom teste para o que a equipe enfrentará no torneio do Japão.


'Serve como preparação. Está dentro do previsto, não vai ser moleza lá também. O Santos se portou muito bem hoje (sábado). Achou um gol, depois trabalhou a bola. O Muricy fechou um pouco mais e talvez seja isso que a gente encontre lá. Vai ter dificuldade, a parte psicológica vai ser importante. Pelo que o Santos fez no Pacaembu, o resultado foi bom para nós', declarou.

A equipe do técnico Tite estreia no Mundial no dia 12 de dezembro, em Toyota, contra um adversário ainda a ser definido. Antes de viajar para o Japão, no entanto, fecha sua participação no Campeonato Brasileiro com um clássico diante do São Paulo, domingo que vem, novamente no Pacaembu, mas desta vez com mando do adversário.

Fonte: Futebol Interior

Veja Mais:

  • Jadson, aos 35 do segundo tempo, assegurou a vitória ao Timão

    Corinthians 'goleia' Independiente por 1 a 0 e assume liderança isolada de grupo da Libertadores

    ver detalhes
  • Balbuena garante que renovação foi há dez dias, mas assinatura ainda não aconteceu

    Balbuena reclama do Meu Timão e garante que acertou renovação há dez dias; assinatura segue sem data

    ver detalhes
  • Timão venceu e assegurou a liderança isolada do Grupo 7

    Cássio supera Jadson e é eleito craque do Corinthians em vitória na Argentina

    ver detalhes
  • Na mira do Flamengo? Rodriguinho garante não ter sido procurado por clube do Rio

    Corinthiano Rodriguinho se posiciona sobre suposta sondagem do Flamengo

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes