Andrés revê trajetória no Corinthians e se emociona com recado de Tite

Andrés revê trajetória no Corinthians e se emociona com recado de Tite

Enquanto tem sua situação na CBF como diretor de seleções ainda indefinida, Andrés Sanches foi o convidado do programa “Os Donos da Bola”, da TV Bandeirantes, nesta terça-feira e relembrou toda a sua trajetória como presidente do Corinthians desde o rebaixamento em 2007 ao o título brasileiro do ano passado.

Andrés se segurou praticamente todo o programa, mas não conteve a emoção e as lágrimas quando o técnico Tite fez seu depoimento.

O treinador lembrou os momentos de dificuldade que os dois passaram juntos, como a demissão em 2005, quando Andrés era diretor de futebol do clube, o episódio do convite para voltar em 2010 e enfim a glória com a conquista do Campeonato Brasileiro de 2011.

“Lembro de quando ganhamos o Brasileiro e estávamos só eu e você na salinha, nos abraçamos e choramos juntos”, lembrou Tite.

Com lágrimas nos olhos, Andrés falou da sua admiração pelo treinador alvinegro.

“O Tite é uma pessoa e chefe de família formidável. Todas as coisas que ele falou são verdadeiras, só ele sabe o que falamos um no ouvido do outro, tudo que passamos desde 2005, vou levar para o túmulo. Eu tinha um dever de resgatar o Tite pelo que ele passou na demissão, ele saiu de um jeito que não deveria”, disse Andrés.

“Lembrei de tudo que ele me falou no ouvido e o que eu falei, um ano atrás queriam matar ele. E não tem que ser assim”, analisou.

Fonte: Uol

Veja Mais:

  • Artilheiro do Brasileirão com 18 gols, Jô está escalado

    Corinthians é escalado com seis mudanças para clássico diante do Flamengo

    ver detalhes
  • Antes doo Dérbi, mais de 30 mil corinthianos apoiaram os jogadores alvinegros

    Diretor se anima com chance de mais treinos abertos na Arena: 'Talvez antes do próximo jogo'

    ver detalhes
  • Jô soma 18 gols pelo Corinthians neste Brasileirão

    Casagrande vê corinthiano Jô pronto para voltar à Seleção: 'Ano sensacional!'

    ver detalhes
  • Vágner Love foi quem marcou no empate decisivo para sagrar o título do Corinthians

    Há dois anos, Corinthians garantia hexa do Brasileirão com empate no Rio de Janeiro

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes