"Chegou o momento", diz Tite antes de viagem ao Mundial

"Chegou o momento", diz Tite antes de viagem ao Mundial

"Chegou o momento", diz Tite antes de viagem ao Mundial

"Chegou o momento", diz Tite antes de viagem ao Mundial

O técnico Tite foi o último membro da delegação corintiana a falar antes do embarque do time para Dubai, na madrugada desta terça-feira. Antes de comandar um trabalho leve com os jogadores, o treinador não conseguiu esconder a emoção diante do que está para ocorrer: a viagem para o Mundial de Clubes. 'Chegou o momento', disse Tite. 'Sem desmerecer, acabou o Brasileiro e vamos ficar voltados para o mundial. Não estávamos mais disputando o título, só o título do segundo turno, e é natural querer que esse momento chegasse. Deu uma ansiedade, mas não excessiva, para o primeiro jogo.'


A equipe corintiana deve deixar o CT entre as 22 e 23 horas, a depender do trânsito da Rodovia Ayrton Senna. Certo é que o ônibus da equipe, mesmo no curto trajeto até o Aeroporto de Guarulhos, encontrará a caravana da torcida corintiana. Sobre a despedida dos torcedores, Tite não conseguiu esconder a empolgação. 'É o momento em que a gente vê a paixão do torcedor, que é o motivo maior de todos os clubes, não só o Corinthians. E quando se estabelece essa relação, é a coisa mais bonita. Quero falar para o corintiano que vamos fazer tudo o que for humanamente possível para passar pelo primeiro jogo, chegar à final e depois, ganhar o título. Se perder, vai ser por uma equipe melhor, não por falta de trabalho. Esse é um compromisso que eu tenho.'

O treinador afirmou ainda estar chateado pela derrota para o São Paulo, por 3 a 1, na última rodada do torneio nacional. 'Eu não gostei, não está sendo fácil para mim porque tenho dificuldade em absorver uma derrota, ainda mais em um clássico.' Mesmo assim, afirma que não se arrepende de ter escalado o seu time titular para um jogo que, teoricamente, nada valia. 'Tenho a noção exata de toda a preparação e sei o quanto esses seis jogos foram importantes. Não vou pegar o específico (a derrota) para falar do todo.'

Sobre a situação de Guerrero, Tite tem esperança de que o jogador chegue em condições de atuar na primeira partida do Corinthians no Mundial, dia 12, em Toyota. 'Infelizmente, problemas acontecem. Mas vamos trabalhar para que essa possibilidade (de o peruano jogar na estreia) se concretize.' Caso isso não ocorra, o técnico já sabe que terá que mudar o esquema de jogo do Corinthians, sem um centroavante fixo. O que, para ele, não será um problema. 'Vamos trocar o pivô por jogadores de movimentação. Essa é a forma que utilizamos na Libertadores, e fomos campeões, com Emerson, Romarinho, Danilo. Cria-se a opção dessas duas equipes.'

Fonte: Futebol Interior

Veja Mais:

  • Com a 9 corinthiana, Luizão foi artilheiro da Libertadores de 2000, com 15 gols

    Ao Meu Timão, Luizão fala da busca do Corinthians por centroavante: 'Se cavar, acha na Argentina'

    ver detalhes
  • Camacho (à dir.) ganhou oportunidade entre os titulares no treino desta sexta

    Carille esboça time titular com uma troca; chance de mudança no esquema existe

    ver detalhes
  • Emerson Sheik com a camisa do Corinthians em coletiva no CT

    Emerson Sheik é apresentado, diz entender desconfiança e promete dar resposta em campo

    ver detalhes
  • Sheik assinou contrato até o fim de junho

    Emerson Sheik fala sobre contrato de seis meses, aposentadoria e possível renovação com Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes