Torres afirma que Timão preocupa, mas que Chelsea é o favorito no Mundial

Torres afirma que Timão preocupa, mas que Chelsea é o favorito no Mundial

Londres - Se o atacante Fernando Torres não está no ápice de sua carreira em campo, provou que continua com a língua afiada. Já no ritmo do Mundial de Clubes da Fifa, o espanhol colocou seu time, o Chelsea, como o favorito na competição e afirmou que o Corinthians é um rival para ser temido em uma possível final.

Para Torres, o Timão se torna um adversário perigoso pois joga o Mundial em clima de vida ou morte. 'Conheço mais o Corinthians do que os outros times. Vimos eles jogarem na temporada passada, quando jogaram contra o Santos nas semifinais (da Libertadores). Tem grandes jogadores, como sempre ocorre com as equipes brasileiras. E se jogaram contra o Chelsea, todo o mundo poderá os ver e terão a oportunidade de vir para a Europa. É um grande palco para eles, e isso para nós é muito perigoso', comentou durante entrevista ao site oficial da Fifa.

No entanto, ainda que ache o Timão um adversário perigoso, Torres coloca o Chelsea como favorito. 'Deveria ser, mas para mim favoritismo não significa nada. Só coloca ainda mais pressão sobre a gente. No fim das contas, favorito ou não, você precisa provar isso em campo.'

O atacante também comentou sobre a preparação para a partida. 'Nunca disputamos um Mundial, e o clima das partidas na Ásia é sempre muito diferente, não só pela torcida, mas pelas condições climáticas e pela forma como os times sul-americanos encaram a competição. Vamos nos preparar psicologicamente para chegarmos lá com tempo suficiente para nos adaptarmos, nos concentrarmos em ganhar esse torneio e levá-lo a sério, como deveríamos. Acho que este é um dos principais objetivos que deveríamos estabelecer para a temporada, porque não vamos jogar o torneio outra vez se não ganharmos a Liga dos Campeões. Se já é difícil ganhar na Liga dos Campeões, no Mundial de Clubes é ainda mais complicado, pois todo mundo sabe que as equipes da América do Sul, da Ásia e as outras levam a competição muito mais a sério que os clubes da Europa.'

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Jô passou em branco nesta noite de quarta, diante do Grêmio

    Corinthians não cria, apenas empata com Grêmio na Arena, mas mantém vantagem na liderança

    ver detalhes
  • Pablo está se recuperando de uma contratura muscular na coxa

    Agente de Pablo fala em prioridade do Corinthians e afirma: 'Só chamar para assinar'

    ver detalhes
  • Corinthians de Romero corre risco de ver Santos se aproximar

    Corinthians mantém diferença, mas tem de secar rival nesta quinta; veja classificação atualizada

    ver detalhes
  • Rodriguinho foi eleito o pior em campo

    Carille e dupla de meias são eleitos vilões de tropeço do Corinthians contra Grêmio

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes