Grupo faz proposta por zagueiro do Atlético-PR e quer colocá-lo no Corinthians

Grupo faz proposta por zagueiro do Atlético-PR e quer colocá-lo no Corinthians

Grupo faz proposta por zagueiro do Atlético-PR e quer colocá-lo no Corinthians

Grupo faz proposta por zagueiro do Atlético-PR e quer colocá-lo no Corinthians

O zagueiro Cléberson foi um dos destaques na caminhada do Atlético-PR na Série B do Brasileiro. Isso despertou a atenção de inúmeros clubes nacionais e do exterior. O grupo Sonda, que administra a carreira de alguns atletas, inclusive do prórpior defensor, estaria disposto a contratá-lo para repassar ao Corinthians.

De acordo com o site Paraná Online, o grupo fez uma proposta para adquirir 80% dos direitos econômicos do jogador. Representante do grupo, Guilherme Miranda, confirmou que já houve uma reunião com dirigentes do clube paranaense.

'Houve essa reunião e fizemos uma proposta, que ficou de ser avaliada pelo Atlético-PR. Agora temos que esperar', disse Guilherme Miranda ao portal. Para se ter ideia, dos 38 jogos do time paranaense na Série B, Cléberson participou de 33.

'Foi seu primeiro ano como profissional. Cléberson fez uma grande Série B. Ele foi muito bem e, para mim, foi disparado o melhor zagueiro da competição?, conclui o representante do grupo Sonda.

Fonte: Terceiro Tempo

Veja Mais:

  • Jadson pode ser relacionado para o clássico contra o Palmeiras

    Jadson pede para enfrentar o Palmeiras; desempenho contra o Água Santa será decisivo

    ver detalhes
  • Camacho e o pai Anizio Camacho

    Acidente em casa tira vida de pai de Camacho; mãe e irmão do jogador são hospitalizados

    ver detalhes
  • Atlético-PR e Coritiba preferiram não realizar a partida e enfrentaram o modelo tradicional do futebol

    Unidos, rivais peitam a Globo e acabam barrados pela Federação Paranaense

    ver detalhes
  • Roberto de Andrade pode ser afastado nesta segunda-feira

    Linha do tempo e opiniões de conselheiros: tudo sobre o tema impeachment no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes