"O Mundial é uma competição enorme", diz Rafael Benitez

"O Mundial é uma competição enorme", diz Rafael Benitez

Os Blues representarão os vencedores da Liga dos Campeões da Europa no Japão, estreando na semifinal contra o Monterrey do México, na quinta-feira.
“É uma competição enorme”, disse Benitez, que venceu o torneio com a Inter de Milão em 2010.
“Acho que todos neste clube têm o mesmo pensamento que o meu, o de ganhar todas as taças que pudermos".
O homem de 52 anos vivenciou um começo confuso em sua estadia no Stamford Bridge, sendo vaiado pelos torcedores em sua estréia em casa antes de conseguir vencer seus três primeiros jogos no comando.
Entretanto, duas vitórias em uma semana - uma goleada de 6 a 1 contra o Nordsjaelland na Copa dos Campeões e uma vitória por 3 a 1 sobre o Sunderland - lhes deu um alento para o Mundial de Clubes deste ano.
Benitez diz não sentir pressão pelo torneio, o qual lhe dará a oportunidade de vencer sem primeiro campeonato como técnico do Chelsea.
"Eu não tenho muitos problemas em termos de pressão”, disse Benitez. “Eu tenho tanta experiência e gostaria de aproveitar cada minuto aqui para fazer meu melhor e tentar vencer."
O Mundial de Clubes é disputado entre os vencedores das seis confederações da FIFA somados ao campeão do país anfitrião.
Na outra semi-final, os campeões africanos do Al-Ahly, do Egito, encararão os brasileiros do Corinthians.
Benitez tem resultados opostos na competição, a qual foi primeiramente disputada como um torneio de oito times em 2000 antes de se tornar uma competição anual de seis times de 2005 em diante.
Ele perdeu para o São Paulo com o Liverpool em 2005 - perdendo o funeral de seu pai para participar da final - antes de vencer título com a Inter de Milão em 2010.
O Chelsea tem o objetivo de se tornar o segundo time inglês a vencer a competição depois do sucesso do Manchester United em 2008.

Fonte: Bbc

Veja Mais:

  • Rodriguinho enfrenta o Patriotas na Colômbia; fora Gabriel, Carille promove quatro novidades

    Em treino na Colômbia, Carille define escalação do Corinthians para jogo da Sul-Americana

    ver detalhes
  • Cássio ergue taça de campeão paulista 2017; jogador está perto de atingir 300 jogos

    Perto dos 300 jogos, Cássio elege Corinthians de 2017 o melhor grupo do qual fez parte

    ver detalhes
  • Da arquibancada para o campo: estádio de adversário do Corinthians não tem alambrado; veja vídeo

    Da arquibancada para o campo: estádio de adversário do Corinthians não tem alambrado; veja vídeo

    ver detalhes
  • Romarinho foi protagonista da final da Libertadores há cinco anos

    Viraliza na web versão de gol do Romarinho narrado por Galvão Bueno; assista

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes