Gobbi minimiza eventual perda do título do Mundial

Gobbi minimiza eventual perda do título do Mundial

Yokohama, no Japão - Nada apagará a satisfação corintiana em 2012. Nem mesmo uma eventual derrota para o temido do Chelsea-ING, na final do Mundial de Clubes, no Japão. Esta é, pelo menos, a avaliação do presidente do Corinthians, Mário Gobbi. De acordo com o mandatário, a conquista inédita da Taça Libertadores já garantiu a alegria dos torcedores neste ano 'inesquecível'.

'Ser segundo é ser campeão também. Tivemos um ano ímpar, vencemos a Libertadores de forma invicta e foi um ano maravilhoso. No Campeonato Paulista fizemos mais pontos que o campeão. Aconteça o que acontecer 2012 é por si só motivo de orgulho para todos nós', disse Gobbi, nesta sexta-feira, no saguão do hotel onde o Corinthians está hospedado em Yokohama.

Uma tática similar do presidente já foi utilizada na disputa da Taça Libertadores. Durante a disputa, o mandatário chegou a admitir que a perda da competição continental não abalaria o grupo, nem mesmo a confiança do torcedor que estava satisfeito com o empenho demonstrado durante a temporada.

Por fim, Gobbi mostrou-se contente com todas as conquistas e atuações do time neste ano e garantiu que o possível título do Mundial de Clube será o 'exaurimento de todo um trabalho' iniciado em fevereiro deste ano, quando assumiu a presidência do Corinthians.

 

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Tite concedeu entrevista na Arena nesta segunda-feira

    Tite explica comemoração na Arena Corinthians; Fagner será titular

    ver detalhes
  • Marcelinho Paulista pode voltar ao Timão para comandar cargo na base

    Ex-volante é cotado para assumir gerência da base do Corinthians

    ver detalhes
  • Carlinhos está recuperado de cirurgia no púbis

    Artilheiro da Copinha faz primeiro treino no Corinthians após cirurgia

    ver detalhes
  • Arana tem sido um dos principais destaques do Corinthians no Paulistão

    Arana passa por tratamento após pancada e pode desfalcar Corinthians na quarta

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes