Mário Gobbi: 'Temos de ganhar o Paulistão de novo'

Mário Gobbi: 'Temos de ganhar o Paulistão de novo'

Mário Gobbi quer ser campeão do Paulistão novamente

Mário Gobbi quer ser campeão do Paulistão novamente

Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press

O Corinthians encerrou no último domingo um ciclo iniciado há cinco anos. Neste período, ganhou Série B, Campeonato Paulista, Copa do Brasil, Campeonato Brasileiro, Libertadores e Mundial. O que vem agora? "Temos de ganhar o Campeonato Paulista de novo. Essa é nossa cultura. Se não ganharmos, vão descer a marreta na gente", diz o presidente Mário Gobbi, eleito neste ano na sucessão de Andrés Sanchez.

Além de aumentar a galeria de troféus do Parque São Jorge, o desafio do dirigente é fortalecer a "instituição" Corinthians. "Não existe mais projeto de internacionalização. O Corinthians está mais do que internacionalizado. Nós queremos agora é ampliar o clube, que já ficou mundialmente conhecido. Não se precisa mais provar que o Corinthians rompeu as fronteiras do Brasil, das Américas e alcançou o mundo", gabou-se.

O presidente dedicou o título à torcida e disse ter recebido do presidente da Fifa, Joseph Blatter, os parabéns pela "invasão" ao Japão, apesar de ter exagerado no número de corintianos que acompanham o time no Mundial de Clubes. "Eu disse para o presidente Blatter que ele vai reencarnar cem mil vezes e nunca mais vai ver um clube colocar 50 mil torcedores aqui. Ele me deu os parabéns. Eles não conheciam o Corinthians. A torcida é o maior patrimônio do Corinthians", contou.

Além de buscar títulos, é claro, a diretoria resolveu abrir as portas para ganhar dinheiro no futebol asiático. Durante o Mundial, por exemplo, a Nike armou um esquema especial para vender produtos do clube no Japão. Além do uniforme oficial, foi vendida em Nagoya, Yokohama e Tóquio uma linha de camisas exclusivas alusivas ao torneio. Com o título mundial, a ideia agora é colocar camisas à venda nas lojas da empresa espalhadas pelo mundo.

Fonte: Futebol Interior

Veja Mais:

  • Artilheiro do Brasileirão, Jô pode levar novo gancho do STJD

    Jô e Clayson, do Corinthians, voltam a ser julgados no STJD

    ver detalhes
  • Antonio Roque Citadini é candidato da oposição à presidência do Timão

    Em defesa à Arena, Citadini lembra crime fiscal de Andrés: 'Arrebentou com as finanças'

    ver detalhes
  • Pablo foi campeão paulista e brasileiro pelo Corinthians em 2017

    Corinthians volta a negociar com Pablo e pode contratá-lo para 2018, diz portal

    ver detalhes
  • Vasconcelos deve ter contrato estendido com o Timão até o fim de 2019

    Corinthians prepara extensão de contrato a artilheiro da Copinha

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes