Sheik: ‘Do jeito que jogou, o Chelsea nunca ganharia de nós’

Sheik: ‘Do jeito que jogou, o Chelsea nunca ganharia de nós’

Emerson Sheik durante a comemoração do Timão

Emerson Sheik durante a comemoração do Timão

Foto: Gustavo Tilio / Globoesporte.com

Emerson Sheik, atacante do Corinthians, participou do FOX Sports Rádio desta quarta-feira (19 de dezembro) e comentou sobre a decisão do Mundial de Clubes da Fifa. Para o jogador, a postura do Timão foi fundamental para a conquista do título: “Na preleção, o Tite pediu para que nós pudéssemos jogar de verdade e não ficar escondido lá atrás procurando o contra-ataque. O que nos levou ao Mundial foi essa forma de jogo, marcando forte e buscando o gol, nós os surpreendemos”.

Sheik falou também sobre a declaração do treinador Rafa Benítez, de que o Chelsea não venceu o Corinthians apenas por conta da bela atuação do goleiro Cássio. “Manda ele reclamar na Fifa, marcar um amistoso, um outro jogo. Do jeito que eles jogaram ali, o Chelsea nunca ganharia da gente. Eles tiveram uma boa atuação, mas não ganhariam de nós”.

Veja outras declarações de Emerson Sheik:

“Os próprios jogadores do Chelsea diziam que não sabiam muito de nós, mas não vejo isso como desrespeito, a impressão que nós tínhamos do Al-Ahly também era pequena. O Chelsea se baseou no nosso primeiro jogo e teve uma impressão errada sobre a gente”.

“No primeiro jogo eu tinha a função de voltar um pouco mais, uma vez que a gente não sabia muito sobre o time deles. Não fizemos uma boa primeira partida, até porque eu voltei muito pra marcar. No segundo jogo o Tite mudou, tirou o Douglas e colocou o Jorge Henrique que é mais rápido, aí eu fiquei mais solto na frente, onde eu gosto de jogar”.

“Em relação à arbitragem, o árbitro do primeiro jogo parecia que ia marcar todas as faltas e chegou na hora ele deixou o jogo correr. No final foi bom pra caramba e alcançamos nosso objetivo em 2012”.

“Sobre o Pato no Corinthians, a gente fica feliz em ver o clube que nós trabalhamos crescendo. É gratificante. Nós fazemos parte desse crescimento e particularmente fico feliz em ver o Corinthians crescendo cada vez mais”.

“Sobre a final do São Paulo, nós ficamos sabendo que houve uma briga e que eles não voltaram para o vestiário e o São Paulo ganhou o título”.

“Sou muito a favor da brincadeira, é da nossa cultura e do nosso futebol. Não podemos esquecer que por trás do clube existe um pai de família e acho que todos devem ser respeitados. Achei uma falta de respeito absurda, o Léo pediu desculpa, todo mundo tem o direito de errar e ele mostrou grandeza em se desculpar".

Fonte: Fox Sports

Veja Mais:

  • Farfán foi companheiro de Guerrero na seleção do Peru

    Jornalista revela interesse do Corinthians em atacante peruano

    ver detalhes
  • Camisa a ser usada pelo Corinthians contra o Cruzeiro tem escudo da Chapecoense

    Em ação no Twitter, Corinthians exibe uniforme em homenagem à Chapecoense

    ver detalhes
  • Equipe feminina do Timão foi ao CT Joaquim Grava no início de novembro

    Corinthians renova parceria com Audax e confirma equipe feminina para 2017

    ver detalhes
  • Castán posta foto com taça do penta e recebe pedidos para voltar; veja

    Castán posta foto com taça do penta e recebe pedidos para voltar; veja

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes