Empresário de Pato diz que atacante tem carinho pelo Corinthians

Empresário de Pato diz que atacante tem carinho pelo Corinthians

O atacante do Milan, e revelação do Internacional de Porto Alegre, Alexandre Pato, é um dos nomes cotados para serem contratados pelo Corinthians para a próxima temporada. O Timão já fez uma investida de mais de R$ 40 milhões pelo jogador e aguarda resposta do time rubro-negro nos próximos dias.

O empresário de Pato, Gilmar Veloz, revelou que o atacante tem um carinho pelo Timão. "O Pato tem um carinho e um respeito muito grande pelo Corinthians. É um admirador do Tite, tem todo um ingrediente. Quem hoje não quer jogar no Corinthians? O clube está como Barcelona e Real Madrid. Acho que se houver essa possibilidade, vamos estudar com carinho e respeito", declarou.

Em seguida, Gilmar Veloz ressaltou que com Pato jogando no Corinthians, a possibilidade do atleta atuar na Copa do Mundo de 2014 será ainda maior.

"O Corinthians tem uma situação que não é de hoje, tem outra vez. E parou. Pode ser que agora as coisas tomem outro rumo em função do momento do clube e do que está acontecendo. Corinthians está se estruturando e investindo forte para ter uma sequência, como Barcelona e Real tem, com duas ou três Champions seguidas. Tem tudo para estar entre os grandes e acima dos outros brasileiros", completou

Fonte: FutNet

Veja Mais:

  • Zé Rafael, de 24 anos, tem contrato com o Bahia até 2020

    Corinthians reforça interesse em Zé Rafael, mas tem de esperar até 9 de dezembro; entenda

    ver detalhes
  • Carille quer contar com seu reserva imediato em 2018

    Permanência de Walter é desejo de Carille, mas técnico já tem plano B em caso de saída

    ver detalhes
  • Na Série B do Brasileirão pelo Internacional, Leandro Damião entrou na mira do Timão

    Corinthians inicia sondagem sobre centroavante do Internacional

    ver detalhes
  • Timão monitorava situação de Roger, em fim de contrato no Botafogo

    Alvo do Corinthians, centroavante Roger fecha com clube gaúcho

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes