Andrade reclama da fama de rico do Timão

Andrade reclama da fama de rico do Timão

Além dos títulos, e muito por causa deles, o Corinthians vem se tornando um fenômeno também fora dos gramados. Com receitas cada vez maiores, que já passaram da casa dos R$ 300 milhões, e líder em recebimento dos direitos de TV, fora os cerca de R$ 65 milhões anuais da Caixa e da Nike, o clube ganhou ares de rico. Mas o diretor de futebol do Timão, Roberto de Andrade, nega a fama, quem, segundo ele, só atrapalha as negociações.

“Eu desminto todo mundo quando falam que o Corinthians está rico. A gente luta com bastante dificuldade. Lógico que a gente tem uma receita boa, maior que de muitos clubes, mas a despesa também é muito maior do que a de muitos outros. O Corinthians tem um plantel caro, mas não é um time milionário. Longe disso”, garantiu Andrade em entrevista ao programa Esporte em Debate, da Rádio Bandeirantes.

“Isso só atrapalha as negociações por jogadores. O que poderia ser um, acaba valendo três”, reclamou o dirigente.

Atualmente, garante Andrade, o Corinthians trabalha com apenas três nomes. O de Renato Augusto, já confirmado, e os de Pato e Gil.

A contratação do atacante do Milan, apesar do discurso de Andrade, tem porte de grande negócio, com cifras europeias. Segundo a imprensa italiana, o clube deve pagar 15 milhões de euros (R$ 40 milhões) por 75% dos direitos do jogador. Para repatriar Renato Augusto, o investimento teria sido de 3 milhões de euros (R$ 8 milhões), mesmo valor que teria sido proposto ao Valenciennes para levar Gil.

Se acertar todas essas contratações, o Corinthians terá investido cerca de R$ 56 milhões entre o fim de uma temporada e início de outra. Mesmo com a chegada dos reforços, Andrade diz que o clube não pretende se desfazer de jogadores. A não ser que o atleta queira deixar o Timão.

Ninguém sai. Ou quase

“Não existe proposta para ninguém sair, nada foi apresentado e nossa intenção é que fiquem todos. A ideia é ter um elenco forte, já que serão muitos campeonatos em 2013. E nós queremos participar de todos os torneios brigando pelo título”, garantiu.

Ainda assim, é possível que Ramirez, pretendido pela Ponte Preta, saia. “Vamos ver o que ele quer”, explicou Andrade. Vitor Junior, que volta de empréstimo ao Botafogo, também tem futuro indefinido. E Anderson Polga, cujo contrato se encera no fim deste ano, só terá o destino decidido em janeiro.

Alvo do interesse de grandes da Europa, Guerrero também fica, segundo o dirigente. “Não chegou nada (proposta) ao clube e ele também já se manifestou que pretende ficar”, afirmou Andrade, seguro da permanência do peruano, um dos heróis do título mundial.

Já o insatisfeito Martínez pode estar de saída. O pai e empresário do jogador tenta resolver a situação do jogador ainda este ano e encaminhar uma transferência para o futebol argentino. Mas, neste caso, o Corinthians promete jogar duro e só liberar o atleta se o interessado pagar a multa rescisória.

“Para o Corinthians tudo é difícil, e quando alguém quer levar acha que é fácil. Há um contrato e tem que ser cumprido”, disse Andrade, em uma reclamação que sinaliza como o clube vem suando contra a fama de rico.

Fonte: Band

Veja Mais:

  • Patch de homenagem a Chapecoense na camisa do Corinthians

    Veja imagens da camisa do Corinthians com o patch da homenagem a Chapecoense

    ver detalhes
  • Marinho vem sendo pedido por torcedores do Corinthians para 2017

    Pedido pela torcida do Corinthians, Marinho admite deixar Vitória em 2017

    ver detalhes
  • Simi passou sete anos no Corinthians

    Simi reclama de saída do Corinthians e projeta 'final às avessas' da LNF no Parque São Jorge

    ver detalhes
  • Oswaldo divulgou lista de relacionados do Corinthians

    Com apenas um desfalque, Corinthians divulga lista de relacionados para enfrentar Cruzeiro

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes