Arena Corinthians deve estar no 'PES 2014' junto com Pacaembu

Arena Corinthians deve estar no 'PES 2014' junto com Pacaembu

PES 2014 poderá ter novos estadio nacionais. De acordo com o site PES Brasil, os escolhidos serão Nova Arena do Grêmio, Estádio do Pacaembu e Novo Mineirão. Há chances ainda de termos a Arena Corinthians presente no game.

Segundo a equipe de marketing do Corinthians, há um diálogo com a produtora do jogo, Konami, para incluir o estádio na nova versão. A equipe alega que já possui todo o material gráfico pronto para representar o estádio dentro do jogo com os mínimos detalhes.

Entre outros campos que a Konami pretende incluir no jogo estão todos os estádios da 1º Divisão Francesa (Ligue 1) e também arenas de países como Coreia do Sul, Japão e México. Além do Itaquerão, outra estreia que pode ocorrer em Pro Evolution Soccer 2014 é o estádio do Red Bull New York, que poderá ser a primeira arena norte-americana presente na série.

Por outro lado, alguns estádios podem ficar de fora da nova versão, entre eles La Bombonera, Estadio San Paolo do Napoli e o Sükrü Saracoglu Stadium do Fenerbahce. A Konami alega que tais arenas teriam apresentado certa dificuldade na hora da reprodução gráfica de detalhes.
Pro Evolution Soccer 2014 ainda não foi oficialmente anunciado e não tem plataformas

Fonte: techtudo

Veja Mais:

  • Sob comando de Coelho, Timãozinho cai nas oitavas da Copinha

    Falhas individuais custam caro, e Corinthians é eliminado da Copinha

    ver detalhes
  • Superado pelo Avaí, o Timãozinho deu adeus à Copinha de 2018

    Em partida sem craques, Fiel não perdoa Corinthians por eliminação na Copa São Paulo de 2018

    ver detalhes
  • Bilu esconde choro após derrota do Timão para o Avaí

    Corinthianos deixam campo às lágrimas após queda na Copinha; Coelho: 'Perdemos para nós mesmos'

    ver detalhes
  • Alessandro é homem forte do futebol corinthiano neste início de 2018

    Alessandro abre o jogo sobre Henrique Dourado e busca do Corinthians por camisa 9

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes