Corinthians busca dados com médicos da seleção sobre Pato

Corinthians busca dados com médicos da seleção sobre Pato

VINÍCIUS BACELAR
COLABORAÇÃO PARA A FOLHA

O fisioterapeuta Bruno Mazziotti, do Corinthians, evitou estipular uma data para a estreia de Alexandre Pato, que deve ser apresentado no dia 9 de janeiro, e afirmou que o clube buscou informações sobre o atleta junto com os médicos da seleção brasileira. O jogador foi confirmado como novo reforço do clube, nesta quinta, em uma negociação de R$ 40 milhões (15 milhões de euros).
"Não vou fazer nenhuma especulação sobre o Pato. É um atleta de alto nível e é patrimônio brasileiro. Temos alguns exames preliminares, mas só poderei dizer algo depois que passar por exames aqui no Corinthians. Isto demora semanas", afirmou o fisioterapeuta à beira de um dos campos do CT Joaquim Grava.
De acordo com Mazziotti, Pato não receberá nenhum tratamento especial em relação aos demais jogadores na pré-temporada --a maior parte do elenco se reapresentará no dia 14 de janeiro.
"Sabemos que teremos muito trabalho, mas não falo em milagre. O departamento médico da seleção brasileira nos passou várias informações e acreditamos na recuperação plena dele. Não queremos utilizá-lo apenas no início do ano. A ideia é contarmos com o Pato até o fim da temporada", declarou
O fisioterapeuta, que chegou ao Corinthians em 2009 junto com o então atacante Ronaldo, já teve um contato com Pato em 2007, quando o atleta se transferiu para o Milan.
RENATO AUGUSTO
Outro reforço corintiano, o meia Renato Augusto também sofreu com lesões em sua passagem pelo Bayer Leverkusen. Porém, segundo Mazziotti, as informações colhidas com a equipe alemã são as melhores.
"Ele gosta de treinar fora do horário para se recuperar. É algo importante. A expectativa é boa em relação ao Renato", disse.
LESÕES
Um exame feito pelo fisiologista Turíbio Leite de Barros, em julho, concluiu que o atacante Alexandre Pato, 23, não tem lesões crônicas nas pernas, o que demandaria tratamento prolongado, sem garantia de sucesso.
Neste ano, ele defendeu o clube italiano apenas em 13 oportunidades, e sua última partida foi em 21 de novembro. Em 4 de dezembro, foi sacado da equipe, que afirmou que o atleta sentia dores.
Na análise, o fisiologista, que atuou na seleção brasileira e no São Paulo, afirma que Pato tem um desequilíbrio muscular nas pernas.
Por questões éticas, o fisiologista não quis revelar detalhes do problema detectado. Segundo ele, o desequilíbrio causa lesões porque o atleta exige mais de uma das pernas para compensar a força inferior que tem na outra.
"Para o tratamento, é preciso um reforço muscular e até um reequilíbrio muscular em outras partes do grupo. Há também suplementos alimentares que ajudam nessa manutenção", disse Turíbio Leite, ressaltando que não se refere ao caso de Pato.
O empresário do atacante, Gilmar Veloz, minimizou a procura pelo fisiologista no meio do ano. "Turíbio fez uma manutenção muscular com o Pato. Temos de agradecer a várias pessoas e clubes nessa recuperação."
Foi a pedido do empresário que Pato foi examinado pelo fisiologista pouco antes de o jogador se apresentar à seleção brasileira para os Jogos de Londres, em julho.

Fonte: Folha de São Paulo

Veja Mais:

  • Patch de homenagem a Chapecoense na camisa do Corinthians

    Veja imagens da camisa do Corinthians com o patch da homenagem a Chapecoense

    ver detalhes
  • Marinho vem sendo pedido por torcedores do Corinthians para 2017

    Pedido pela torcida do Corinthians, Marinho admite deixar Vitória em 2017

    ver detalhes
  • Simi passou sete anos no Corinthians

    Simi reclama de saída do Corinthians e projeta 'final às avessas' da LNF no Parque São Jorge

    ver detalhes
  • Oswaldo divulgou lista de relacionados do Corinthians

    Com apenas um desfalque, Corinthians divulga lista de relacionados para enfrentar Cruzeiro

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes