Estreia do Corinthians na Fazendinha completará 90 anos

Estreia do Corinthians na Fazendinha completará 90 anos

O ano é 1923 e o adversário joga em casa. Habituado ao estádio da Ponte Grande, o seu primeiro, o Corinthians está nos domínios do Sírio para mais uma partida rumo ao bicampeonato paulista. O palco é nada menos do que o Parque São Jorge. Nem sempre a atual casa foi um reduto alvinegro. Relembre neste especial a estreia do Timão na Fazendinha, que completará 90 anos no próximo dia 25.

Numa época de agremiações esportivas como Germânia, Ypiranga e o Palestra Itália, a vontade de jovens, operários e imigrantes possibilitou o surgimento e perpetuação de alguns dos grandes clubes conhecidos hoje em São Paulo. O Esporte Clube Sírio, fundado por imigrantes sírios e libaneses, curiosamente, tinha como sede esportiva o Parque São Jorge. O clube de origens árabes não era o dono, apenas alugava o terreno que em 1926, enfim, seria comprado pelo Sport Club Corinthians Paulista.

No dia 25 de janeiro de 1923, data do aniversário da cidade de São Paulo, o Sírio recebeu o Alvinegro para mais uma partida da reta final do Paulistão de 1922. O título, almejado por todos, consagraria o vencedor como campeão do I Centenário da Independência do Brasil. Na condição de visitante do Parque São Jorge, o Corinthians mostrou sua força e venceu com gol de Gambarotta. A equipe comandada pelo técnico Guido Giacominelli ainda contava com figuras importantes como Neco, Del Debbio e Amílcar.

Se a situação do Corinthians no Paulistão era praticamente irreversível um mês antes, quando perdeu o jogo por 3 a 2 e a liderança para o Palestra Itália, no dia 24 de dezembro, o ano de 1923 trouxe as combinações de resultados necessárias para o título do Timão. Somada ao sofrido 1 a 0 sobre o Sírio, a derrota por 5 a 1 do Palestra para o Paulistano colocou o Time do Povo em posição de disputa.

No dia 04 de fevereiro, contra o mesmo Paulistano, o Corinthians se tornou o campeão paulista do I Centenário, ao vencer com gols de Tatu, aos 2 minutos do primeiro tempo, e Gambarotta, aos 16 do segundo.

Ficha técnica
Sírio 0 x 1 Corinthians
Data: 25/1/1923
Árbitro: Benedito Vilela Lapa
Competição: Campeonato Paulista (válido pelo torneio de 1922)
Estádio: Parque São Jorge, São Paulo (SP)
Gols: Gambarotta 35 do 2º
Sírio: Tuffy, Galvão e Chicão; Mezinho, Milanese e Arthur; Brenno, Zé Macaco, Cabelli, Ruyval e Bellini
Corinthians: Mário, Garcia e Del Debbio; Rafael, Amílcar e Ciasca; Peres, Neco, Gambarotta, Tatu e Rodrigues

Fonte: Sport Clube Corinthians Paulista

Veja Mais:

  • Corinthians optou por não utilizar redes sociais em respeito ao momento

    Corinthians suspende redes sociais em dia de velório coletivo da Chapecoense

    ver detalhes
  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians se despediu da Arena no empate por 0 a 0 com o Atlético-PR

    Maior do país, público do Corinthians é duas vezes a média do Brasileirão 2016

    ver detalhes
  • Sala de cabines de TV da Arena passa a ser chamada Lilácio Pereira Jr.

    Corinthians batiza sala de transmissões da Arena em tributo a vítima de acidente

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes