Dedé admite chance de sair do Vasco e diz que ouviu especulações sobre o Corinthians

Dedé admite chance de sair do Vasco e diz que ouviu especulações sobre o Corinthians

Ao estender o contrato até o fim de 2015, o Vasco tinha uma segurança ainda maior de que poderia contar com seu ídolo pelo menos até a próxima Copa do Mundo. Dedé também sempre deixou clara a vontade de permanecer em São Januário até o Mundial e, assim, ficar ainda mais perto da Seleção Brasileira. Mas em tempos de crise financeira, nem a diretoria e nem o próprio zagueiro têm a propriedade para cravar um planejamento a curto prazo. Por isso, após o treino desta segunda-feira, em Pinheiral (RJ), o Mito deixou em aberto a possibilidade de sair do clube ainda nesta temporada.

Mesmo assim, Dedé garantiu que seu empenho e sua concentração estão todos no Vasco. Até porque, segundo ele, nenhuma proposta formal chegou às suas mãos. Para o zagueiro, o mais importante neste momento é a preparação para a temporada de 2013.

- Vou trabalhar focado no Vasco, dando o máximo em cada treino e sem pensar nas propostas que podem acontecer de dentro ou fora do Brasil. Se surgir algo de bom para mim e para o Vasco, vamos conversar. Se eu ficar aqui, vou fazer o melhor possível. Mas também se sair vai ser da melhor forma possível - disse.

Apesar do receio da repercussão negativa em caso de negociação, a diretoria sabe que Dedé é seu bem mais valioso – a multa rescisória gira em torno de R$ 70 milhões, mas o contrato prevê negociação a partir do equivalente a R$ 18 milhões. Além disso, o orçamento do Vasco para 2013 já inclui a venda do zagueiro, avaliada em R$ 20 milhões. O jogador garantiu que neste período de férias esteve alheio às possíveis propostas, tomando conhecimento das especulações pela imprensa.

- Ouvi especulações sobre o Corinthians que cresceram muito. Ninguém falou comigo, mas eu vi pela internet. De outras coisas eu não soube - afirmou.

Comprovando o comprometimento com o Vasco, Dedé confirmou ainda que são grandes as possibilidades de reforçar a equipe na primeira partida do Campeonato Carioca, dia 19, contra o Boavista. O departmento médico do clube ainda adota cautela, já que o zagueiro ainda se recupera de uma fratura sofrida na perna esquerda no fim do ano passado.

- Ainda tenho alguma dificuldade na perna porque fiquei muito tempo parado. É questão de confiança. Vai depender do meu desempenho nos treinos, mas se tivesse um jogo mais próximo eu acho que poderia participar, sim.

Fonte: Globo Esporte

Veja Mais:

  • Nenê foi oferecido nos últimos dias para a diretoria do Corinthians

    Nenê é oferecido ao Corinthians; até troca com dois jogadores alvinegros é sugerida

    ver detalhes
  • Zagueiro tem 29 jogos pelo Corinthians: 14 vitórias, dez empates e apenas cinco derrotas

    Novo titular, Pedro Henrique 'perdoa' Guerrero e fala grosso: 'Corinthians briga para ser campeão'

    ver detalhes
  • Copa Sul-Americana terá 32 classificados na segunda fase

    Copa Sul-Americana chega a 21 classificados; torneio pode ter até sete campeões da Libertadores

    ver detalhes
  • Léo Santos (à dir.) deixou atividade mais cedo por conta de bolhas nos pés; Paulo Roberto foi testado na zaga

    Zagueiro deixa treino e faz Carille improvisar nesta quinta-feira; veja escalação do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes