Dedé admite chance de sair do Vasco e diz que ouviu especulações sobre o Corinthians

Dedé admite chance de sair do Vasco e diz que ouviu especulações sobre o Corinthians

Ao estender o contrato até o fim de 2015, o Vasco tinha uma segurança ainda maior de que poderia contar com seu ídolo pelo menos até a próxima Copa do Mundo. Dedé também sempre deixou clara a vontade de permanecer em São Januário até o Mundial e, assim, ficar ainda mais perto da Seleção Brasileira. Mas em tempos de crise financeira, nem a diretoria e nem o próprio zagueiro têm a propriedade para cravar um planejamento a curto prazo. Por isso, após o treino desta segunda-feira, em Pinheiral (RJ), o Mito deixou em aberto a possibilidade de sair do clube ainda nesta temporada.

Mesmo assim, Dedé garantiu que seu empenho e sua concentração estão todos no Vasco. Até porque, segundo ele, nenhuma proposta formal chegou às suas mãos. Para o zagueiro, o mais importante neste momento é a preparação para a temporada de 2013.

- Vou trabalhar focado no Vasco, dando o máximo em cada treino e sem pensar nas propostas que podem acontecer de dentro ou fora do Brasil. Se surgir algo de bom para mim e para o Vasco, vamos conversar. Se eu ficar aqui, vou fazer o melhor possível. Mas também se sair vai ser da melhor forma possível - disse.

Apesar do receio da repercussão negativa em caso de negociação, a diretoria sabe que Dedé é seu bem mais valioso – a multa rescisória gira em torno de R$ 70 milhões, mas o contrato prevê negociação a partir do equivalente a R$ 18 milhões. Além disso, o orçamento do Vasco para 2013 já inclui a venda do zagueiro, avaliada em R$ 20 milhões. O jogador garantiu que neste período de férias esteve alheio às possíveis propostas, tomando conhecimento das especulações pela imprensa.

- Ouvi especulações sobre o Corinthians que cresceram muito. Ninguém falou comigo, mas eu vi pela internet. De outras coisas eu não soube - afirmou.

Comprovando o comprometimento com o Vasco, Dedé confirmou ainda que são grandes as possibilidades de reforçar a equipe na primeira partida do Campeonato Carioca, dia 19, contra o Boavista. O departmento médico do clube ainda adota cautela, já que o zagueiro ainda se recupera de uma fratura sofrida na perna esquerda no fim do ano passado.

- Ainda tenho alguma dificuldade na perna porque fiquei muito tempo parado. É questão de confiança. Vai depender do meu desempenho nos treinos, mas se tivesse um jogo mais próximo eu acho que poderia participar, sim.

Fonte: Globo Esporte

Veja Mais:

  • Drogba quer conversa com técnico e presidente antes de decisão

    Avaliando proposta, Drogba quer contato direto com técnico e presidente do Corinthians

    ver detalhes
  • Corinthians e Juventus se encontram neste domingo, às 19h45

    Corinthians encara 'clássico da Zona Leste' por vaga na final da Copinha

    ver detalhes
  • Empresário do meia Pedrinho acusa empresa de assédio sobre o jogador dentro do Corinthians

    Portal revela denúncia de empresário de meia da base contra empresa de Garcia

    ver detalhes
  • Final da Flórida Cup 2017, único revés em mata-mata para o Corinthians no Século 21

    Após seis triunfos, Timão perde primeiro mata-mata para o São Paulo no Século 21

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes