Renato Augusto passa nos exames médicos e deve ser anunciado oficialmente nesta terça

Renato Augusto passa nos exames médicos e deve ser anunciado oficialmente nesta terça

Renato Augusto jogará no Corinthians em 2013

Renato Augusto jogará no Corinthians em 2013

Foto: AFP

Renato Augusto foi aprovado nos exames médicos e deve ser anunciado oficialmente como reforço do Corinthians nesta terça. O resultado definitivo das avaliações deve sair na próxima terça, mas Joaquim Grava adianta que nenhum problema foi encontrado.

“Deu tudo certo. Ele fez os exames de praxe, uma avaliação cardiológica, uma ressonância magnética e está tudo ok”, disse o médico do Corinthians, em entrevista ao UOL Esporte.

O exame médico era um temor em relação a Renato Augusto. O meia, que atuava no Bayer Leverkusen, teve duas lesões musculares em 2012 e conta com um histórico físico ruim.

Por isso, o Corinthians chegou a anunciar um acerto com o Bayer Leverkusen pelo jogador, mas sempre deixou claro que faltavam os exames médicos para bater o martelo. Nesta segunda, Renato Augusto dizimou as dúvidas, foi ao CT do clube e realizou os exames necessários.

Além do resultado definitivo das avaliações, outros documentos ainda atrasam a assinatura do contrato. O meia deve ser apresentado oficialmente ainda nesta semana.

Fonte: Uol

Veja Mais:

  • Marquinhos abre o coração, comemora volta à Arena e dá palpite sobre Majestoso

    Marquinhos abre o coração, comemora volta à Arena e dá palpite sobre Majestoso

    ver detalhes
  • Pedrinho aproveitou oportunidade e foi bastante elogiado por atuação contra o Red Bull

    Xodó da Fiel, Pedrinho já é quem mais driblou do Corinthians no Paulistão

    ver detalhes
  • Camisa do Corinthians pode ultrapassar valor de R$ 100 milhões em 2017

    Camisa do Corinthians valerá R$ 100 milhões em 2017, promete diretor de marketing

    ver detalhes
  • Foxlux é nova patrocinadora do Corinthians

    Corinthians anuncia terceiro patrocinador para 2017; veja mudança na camiseta

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes