Renato Augusto passa nos exames médicos e deve ser anunciado oficialmente nesta terça

Renato Augusto passa nos exames médicos e deve ser anunciado oficialmente nesta terça

Renato Augusto jogará no Corinthians em 2013

Renato Augusto jogará no Corinthians em 2013

Foto: AFP

Renato Augusto foi aprovado nos exames médicos e deve ser anunciado oficialmente como reforço do Corinthians nesta terça. O resultado definitivo das avaliações deve sair na próxima terça, mas Joaquim Grava adianta que nenhum problema foi encontrado.

“Deu tudo certo. Ele fez os exames de praxe, uma avaliação cardiológica, uma ressonância magnética e está tudo ok”, disse o médico do Corinthians, em entrevista ao UOL Esporte.

O exame médico era um temor em relação a Renato Augusto. O meia, que atuava no Bayer Leverkusen, teve duas lesões musculares em 2012 e conta com um histórico físico ruim.

Por isso, o Corinthians chegou a anunciar um acerto com o Bayer Leverkusen pelo jogador, mas sempre deixou claro que faltavam os exames médicos para bater o martelo. Nesta segunda, Renato Augusto dizimou as dúvidas, foi ao CT do clube e realizou os exames necessários.

Além do resultado definitivo das avaliações, outros documentos ainda atrasam a assinatura do contrato. O meia deve ser apresentado oficialmente ainda nesta semana.

Fonte: Uol

Veja Mais:

  • Timão conquistou Paulistão sobre a Ponte Preta; times voltam a se enfrentar logo na abertura de 2018

    Corinthians conhece data, horário e transmissão dos primeiros sete jogos do Paulistão

    ver detalhes
  • Gustavo Scarpa está negociando com o Corinthians para 2018

    Arquirrival perde força, e Corinthians volta ao páreo pela contratação de Scarpa

    ver detalhes
  • Balbuena ganhou status de líder no plantel alvinegro

    Priorizando renovação, Corinthians aguarda agentes de Balbuena para reunião

    ver detalhes
  • Super carros do Monster Jam já estão na Arena Corinthians

    Carros gigantes chegam à Arena Corinthians para evento deste sábado; veja fotos

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes