1 em 30 milhões: corinthiano que viralizou ao narrar gol de Vital sonha ser locutor e conhecer Arena

1 em 30 milhões: corinthiano que viralizou ao narrar gol de Vital sonha ser locutor e conhecer Arena

9.7 mil visualizações 95 comentários Comunicar erro

Corinthiano Nando é músico e leva jeito como locutor de futebol no rádio

Corinthiano Nando é músico e leva jeito como locutor de futebol no rádio

Foto: Arquivo pessoal

Mateus Vital não passou em branco na derrota do Corinthians para o São Paulo sofrida no último domingo, no Morumbi. Ao menos não no imaginário do torcedor alvinegro Fernando de Jesus Cardozo Pereira, de 32 anos, que participou de um programa de rádio de São Paulo antes do clássico. Ao vivo, ele emendou uma narração de encher os olhos ouvidos de qualquer amante do futebol.

Natural de São Luís-MA e deficiente visual, Nando telefonou para o programa Plantão de Domingo, da Rádio Jovem Pan, horas antes de a bola rolar no primeiro Majestoso das semifinais do Campeonato Paulista. Após pouco mais de um minuto no ar, pediu para narrar aquele que poderia ser o gol do Timão no clássico.

O corinthiano, então, que jamais trabalhou como locutor esportivo, teve o pedido prontamente atendido e emocionou participantes e ouvintes do programa ao descrever o gol fictício do Corinthians com vasta riqueza detalhes, dom costumeiramente atrelado a narradores profissionais - ouça mais abaixo.

Em entrevista ao Meu Timão por telefone, Nando não escondeu a felicidade por ter seu talento reconhecido por profissionais da imprensa, torcedores de futebol e corinthianos. “Pra mim é uma emoção muito grande, gratificante. Pelo fato de ser uma pessoa com deficiência visual, a gente sabe que não pode fazer esse tipo de narração, não dá, porque tem de ter a visão para definir os lances. Desde o meu nascimento eu sou cego e sempre tive o rádio como meu companheiro. É como se eu vivesse ali o todo o tempo”, descreve.

A aptidão e a competência para narrar uma jogada hipotética, ainda que de maneira amadora, fazem o corinthiano sonhar. Por que não trabalhar em uma emissora de rádio? Atualmente, Nando vive da música, mas deseja mesmo é levar a vida com o que ama: inserido na comunicação (e no futebol).

“É muito gratificante porque eu recebi essa oportunidade e, pelo menos por um instante, me senti narrador. Eu não tenho minha visão, mas se não dissesse pra equipe da Rádio Jovem Pan que era portador de deficiência visual eles não estariam sabendo. Até porque, quando você ouve a narração, você não vai dizer que é um cego que está narrando, só souberam porque falei. Me senti muito feliz”, explica o tecladista.

“Eu sempre fico escutando transmissões. É uma coisa que, se eu tivesse minha visão, seria narrador de futebol, não vou esconder de você, sempre gostei. É algo que eu me identifico, algo que eu gosto. No dia a dia a gente fica acompanhando e fica com aquilo na nossa mente”.

Ouça a narração

Ligeiro que só ele...

Afinal de contas, por qual razão Nando escolheu Vital como dono da pintura no clássico?! Em tom bem-humorado, o maranhense demonstra conhecer a fundo as necessidades que o rádio exige de seus profissionais.

“Rapaz, na verdade não é nem que eu escolhi o Mateus Vital (risos). Quando estamos na transmissão, é uma coisa que a gente tem de ter atenção. É muito rápido, a gente não pode bobear. Eu estava fazendo ali, já estava no pique pra definir a jogada. O nome que veio na minha mente, a bola passou no pé dele e ele foi feliz na finalização”, contou Fernando, de olho em eventual chance como comentarista de futebol.

“É uma coisa que eu gosto de fazer. Como sei que não posso ser narrador de futebol, se você disser: ‘Nando, vem aqui pra você trabalhar pra comentar o jogo’... É uma coisa também que eu gosto, que me identifico, porque acompanho futebol. Comunicação pra mim é algo bem bacana”.

Alô, Corinthians!

Nando não sonha apenas com o futuro inerente ao rádio. Ele também pretende conhecer a Arena Corinthians, casa do clube do coração. Sincero, ele revela que jamais esteve em São Paulo, tampouco pôde viver um dia de corinthiano em Itaquera.

“Não. Eu nunca tive a oportunidade de ir até o estado de São Paulo nem à Arena Corinthians”, disse. Questionado se visitar a Arena está em seus planos, ele não titubeia: “Eu tenho (o sonho de conhecer a Arena). Se tiver oportunidade, com certeza!”.

“É quarta-feira!”

Como você, caro leitor, deve ter notado, Mateus Vital não balançou as redes do São Paulo. Também por isso, o Corinthians precisará reverter o placar adverso de domingo nesta quarta-feira, no duelo de volta das semifinais. Para Nando, o Timão de Carille tem ciência da atitude que precisa demonstrar em campo para avançar às finais do Estadual. Ainda assim, ele, como todo bom corinthiano, dá a letra...

“O Corinthians em casa vai ter outra atitude, não vai querer ficar esperando o adversário, até porque sabe que tem de buscar o resultado pra se classificar. Essa história de ficar só esperando o adversário, não vai conseguir nada. Penso que vai sair mais pro jogo, até acho que o Clayson vai jogar essa partida. Acho que vai ter outra atitude e sair vencedor”, finalizou.

Veja a mensagem de Nando à reportagem

Sua vez

Caro leitor, tem um causo marcante no qual o Corinthians seja protagonista? Já fez alguma loucura pelo Timão? Então entre em contato com a gente e envie sua história! Quem sabe você não se torna o próximo personagem do quadro 1 em 30 milhões aqui do Meu Timão?

Veja mais em: 1 em 30 milhões, Torcida do Corinthians, Arena Corinthians e Especiais do Meu Timão.

Veja Mais:

  • Matheus Matias soma três atuações pelo Corinthians: uma no Brasileiro e duas em amistosos

    Loss sugere que peso da camisa do Corinthians interfere no zelo com Matheus Matias

    ver detalhes
  • Em noite ruim, Timão pouco incomodou Grêmio e foi superado pelo placar mínimo

    Veja a posição do Corinthians ao fim do primeiro turno do Brasileirão-2018

    ver detalhes
  • Maxwell (à dir.) assinou com Corinthians por duas temporadas

    Corinthians acerta com meia ex-Santos para categoria Sub-20

    ver detalhes
  • Basquete do Corinthians chegou à terceira vitória em oito jogos no Estadual

    Corinthians embala no fim, bate São José e chega à terceira vitória no Paulista de Basquete

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes