Sheik critica polêmicas e diz para São Paulo usar Corinthians de exemplo: 'Vencemos jogando futebol'

Sheik critica polêmicas e diz para São Paulo usar Corinthians de exemplo: 'Vencemos jogando futebol'

Por Meu Timão

11 mil visualizações 82 comentários Comunicar erro

Sheik não poupou palavras para falar sobre o São Paulo e as recentes polêmicas

Sheik não poupou palavras para falar sobre o São Paulo e as recentes polêmicas

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Depois de soltar até palavrão para elogiar Fábio Carille, Emerson Sheik não poupou palavras para comentar as recentes polêmicas que envolveram os dois Majestosos das semifinais do Paulistão.

O atacante não deixou de cutucar o meia Nenê e o técnico Diego Aguirre, que se envolveram em confusões com Carille no último domingo. Sheik, claro, também fez questão de ressaltar a postura do Timão em campo.

"Parabéns pela vitória, por passar de fase, pela atitude dos atletas. Nenhum tipo de provocação, jogamos futebol, vencemos jogando futebol. Não possamos perto de ninguém e não diminuímos ninguém, nem tão pouco nenhuma instituição. Eles vieram aqui e foram respeitados. Isso mostra a grandeza do Corinthians hoje e nos últimos anos. Por isso, o Corinthians vem conquistando títulos, acima de tudo respeita os adversários", desabafou o jogador.

"Não criamos nenhuma polêmica. Talvez, o exemplo do Corinthians hoje sirva para o São Paulo, esse grupo de jogadores para conscientizar que todos devem ser respeitados, e atitudes como houve no Morumbi por parte do treinador e dos atletas deles não aconteçam", completou Sheik.

Com Nenê, a confusão foi durante a partida. O meia comemorou o gol do São Paulo, no Morumbi, em frente ao banco de reservas do Timão e de Fábio Carille, com quem tinha se desentendido minutos antes. Já Aguirre não cumprimentou o treinador alvinegro no início do duelo.

"(O Corinthians) Foi desrespeitado. Falei na saída de campo que o Nenê é um cara que eu respeito, que tem um caráter que não é duvidoso. Às vezes, a gente erra, precisa ter a grandeza de reconhecer o erro e pedir desculpas. O Corinthians mostrou como recebe, como joga futebol. E vencemos por merecimento", finalizou Emerson.

Veja mais em: Emerson Sheik, Fábio Carille, Majestoso e Campeonato Paulista.

Veja Mais:

  • Atacante Matheus Mello, de 16 anos, foi destaque na disputa da Taça BH desta temporada

    Corinthians contrata atacante de 16 anos com multa rescisória de mais de R$ 80 milhões

    ver detalhes
  • Corinthians foi derrotado pelo Cruzeiro e ficou com o vice-campeonato na Copa do Brasil

    Corinthians tem parte da premiação na Copa do Brasil bloqueada por dívida; clube rebate

    ver detalhes
  • Emprestado pelo Corinthians, Gustagol é o artilheiro do futebol brasileiro em 2018

    Gustavo tem mais gols em jogos oficiais que todos os atacantes do Corinthians somados

    ver detalhes
  • Tite durante a histórica goleada sofrida pelo Corinthians para a Portuguesa em 2013

    Corinthians se aproxima de sequência negativa que quase fez Tite se demitir

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes