Final do Paulistão será a primeira com torcida única; quatro torcedores morreram após a medida

6.1 mil visualizações 47 comentários

Primeiro Dérbi acontece neste sábado, na Arena de Itaquera

Primeiro Dérbi acontece neste sábado, na Arena de Itaquera

Bruno Teixeira Rolo

Corinthians e Palmeiras serão protagonistas da primeira decisão com torcida única da história do futebol paulista. Desde a implantação da medida por parte das autoridades, em abril de 2016, as duas decisões na cidade foram com duas torcidas: Santos x Audax e Corinthians x Ponte Preta - também não houve finais de competições nacionais e internacionais entre os grandes do estado.

Os dois presidentes, ao menos nos microfones, reclamam da situação imposta pela Secretaria de Segurança Pública a pedido do Ministério Público, acatada e respaldada pela Federação Paulista de Futebol (FPF) pela terceira temporada consecutiva.

"Eu sou contra. Mas não adianta eu discutir agora esse assunto com o Maurício (Galiotte, mandatário do Palmeiras). Está na véspera do jogo. O que a gente pode fazer é discutir esse assunto com as autoridades", afirmou Andrés Sanchez.

"É difícil porque cada vez que há uma reclamação quanto à torcida única, o Ministério Público apresenta números de que caiu os casos de violência no futebol. Para o espetáculo, acredito que tem de ter as duas torcidas. Dependemos da Polícia Militar e da Secretaria de Segurança Pública", afirmou Galiotte.

Quatro mortes

Desde a implantação da torcida única, quatro pessoas morreram no estado de São Paulo. Veja abaixo:

1) 17 de setembro de 2016 - o corinthiano Daniel Veloso, de 22 anos, foi morto horas depois do clássico entre Corinthians e Palmeiras, em Itaquera. Ele foi espancado em Itapevi, cidade da região metropolitana de São Paulo, a 60km do estádio. Daniel foi atacado por um grupo de palmeirenses por volta das 20h30 na Rua Ângelo Piazza, altura do nº 21. Conhecido como Dan Jones, o corintiano era membro da Gaviões da Fiel.

2) 2 de março de 2017 - Um dos fundadores da Torcida Mancha Verde, Moacir Bianchi, de 49 anos, morreu assassinado em seu carro com 22 perfurações a bala. Bianchi era considerado uma figura importante na agremiação, e em suas redes sociais sempre postava fotos ao lado dos atuais integrantes, tanto da torcida quanto da escola de samba, de cuja diretoria ele fazia parte. Um acerto de contas interno da organizada é visto como principal causa da morte, que pode ter ligação com membros do crime organizado.

3) 13 de julho de 2017 - o torcedor do Palmeiras Leandro de Paula Zanho, de 38 anos, foi esfaqueado por corinthianos e não resistiu aos ferimentos. A confusão aconteceu no centro de São Paulo, em frente a uma borracharia próxima à Rua General Olímpio, após o duelo entre as equipes pelo Brasileirão. Segundo informações da Folha de S. Paulo, os corinthianos teriam provocado os palmeirenses enquanto eles pararam de carro em um sinal vermelho. Leandro se exaltou mais, deixou o veículo e confrontou os rivais. Durante a luta, o palmeirense foi atingido duas vezes com um facão. A Polícia Militar prendeu dois suspeitos na borracharia e conseguiu apreender o facão e uma barra de ferro. Os amigos da vítima reconheceram os suspeitos, que foram detidos no 91º DP (Ceagesp).

4) 4 de março de 2018 - o torcedor corinthiano Danilo da Silva dos Santos, de 31 anos, foi espancado por integrantes da Torcida Jovem do Santos em Itaquaquecetuba. Ele foi levado em estado grave para o hospital Santa Marcelina, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Ele era casado e deixou duas filhas. 21 integrantes da organizada do Santos foram detidos, entre eles, dois menores de idade. Eles são suspeitos de espancar o homem e de atear fogo e depredar veículos na estrada de Santa Isabel, em Itaquaquecetuba. Segundo a PM, uma testemunha reconheceu um dos presos como um dos agressores. Outras quatro pessoas ficaram feridas.

Veja mais em: Dérbi, Campeonato Paulista e Violência no futebol.

Veja Mais:

  • Cássio é o único titular em campo no treino do Corinthians desta quinta-feira

    Corinthians volta aos trabalhos no CT após empate em Dérbi; veja provável time para decisão

    ver detalhes
  • Sornoza marca golaço pela LDU

    Emprestado pelo Corinthians, Sornoza marca golaço do meio de campo no Equador; assista

    ver detalhes
  • Protesto acontece após divulgação da escala de arbitragem

    Antes de decisão contra o Corinthians, torcedores do Palmeiras vão à FPF protestar por arbitragem

    ver detalhes
  • Três trunfos que Corinthians ganha pra finalíssima e os limites da pressão sobre arbitragem | RMT #7

    VÍDEO: Três trunfos que Corinthians ganha pra finalíssima e os limites da pressão sobre arbitragem | RMT #7

    ver detalhes
  • Cássio recebe a maior nota dos leitores do Meu Timão após Dérbi sem gols

    Cássio 'se salva' e é o melhor do Corinthians em noite de avaliações ruins; meia é o pior

    ver detalhes
  • Está na hora de falarmos do Luan

    [Marco Bello] Está na hora de falarmos do Luan

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: