Carille lamenta desgaste físico e diz que expulsões prejudicaram Corinthians e Palmeiras

Carille lamenta desgaste físico e diz que expulsões prejudicaram Corinthians e Palmeiras

Por Vinícius Souza e Rodrigo Vessoni

13 mil visualizações 340 comentários Comunicar erro

Carille concedeu entrevista coletiva após derrota para Palmeiras na Arena

Carille concedeu entrevista coletiva após derrota para Palmeiras na Arena

Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

Fábio Carille falou após a derrota do Corinthians por 1 a 0 para o Palmeiras neste sábado, na Arena Corinthians, pelo clássico de ida das finais do Campeonato Paulista. Em entrevista coletiva na sala de imprensa do estádio, o treinador alvinegro revelou suas impressões acerca do desempenho do Timão e lamentou a confusão generalizada que marcou o Dérbi e terminou com as expulsões de Clayson e Felipe Melo.

“As duas equipes né?! Jogo grande é assim, não vi desconcentração, vi errando bastante, passes na saída. Palmeiras foi bem em rodar a bolar. Também por causa do cansaço, a sequência. Agora é cabeça no lugar, uma semana ótima de trabalho e entendimento”, afirmou Carille.

O Corinthians teve pouco tempo de descanso entre a segunda semifinal, na última quinta-feira, e a primeira final. Jogadores como Mateus Vital, de acordo com Carille, sentiram o desgaste físico em Itaquera.

“Hoje eu senti o Mateus cansado, os três jogos que ele fez, os três 90 minutos. Ele não conseguiu jogar nem marcar, o que mostra que ele não estava limpo porque ele é muito técnico”, explicou o técnico corinthiano, antes de lamentar o fato de a equipe ter sofrido o gol palmeirense logo aos seis minutos da etapa inicial.

“A história do jogo, tomando um gol no começo, você tem que arriscar mais, tem que correr mais, acaba desgastando mais. A questão dos exames de desgaste foi mais para evitar lesões”, pontuou.

Atual campeão paulista, o Timão não terá Clayson na segunda partida, marcada para domingo que vem, às 16h, no Allianz Parque. Questionado sobre quais atletas podem ganhar chance na vaga do camisa 25, Carille não antecipou qualquer ideia.

“Eu pensei nesse jogo, a partir de amanhã (domingo) penso no próximo. Uma equipe muito bem armada, marcaram bem o Clayson, que dá mais profundidade. Eu tenho que trabalhar em cima das características dos jogadores, algo que faço no dia a dia”, completou.

Veja mais em: Fábio Carille, Dérbi, Campeonato Paulista e Arena Corinthians.

Veja Mais:

  • Carille já está participando dos detalhes de contratações do Corinthians

    Carille antecipa volta ao Corinthians e se despede com derrota no Al-Wheda

    ver detalhes
  • Uendel foi jogador do Timão por três anos e ganhou um Brasileiro (2015)

    Corinthians tem interesse em Uendel, do Internacional

    ver detalhes
  • Ramires pode ser emprestado ao Corinthians por uma temporada

    Corinthians tem interesse em revelação do Bahia e pode fazer operação com europeu por acerto

    ver detalhes
  • Sassá é alvo do Corinthians para 2019 a pedido de Fábio Carille

    Carille pede, Corinthians insiste por Sassá e entra em atrito público com Cruzeiro

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes