Jô rasga elogios a Carille e reafirma desejo de voltar ao Corinthians no futuro

12 mil visualizações 124 comentários

Por Meu Timão

Jô foi artilheiro do Corinthians em 2017 e hoje defende o Nagoya Grampus, do Japão

Jô foi artilheiro do Corinthians em 2017 e hoje defende o Nagoya Grampus, do Japão

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O centroavante Jô deixou o Corinthians há quatro meses, seguindo rumo ao futebol japonês pelo Nagoya Grampus. A distância, contudo, não diminui os laços do jogador com o clube do Parque São Jorge. Admitindo que tem acompanhado de perto as atuações do Timão na atual temporada, o ex-artilheiro alvinegro rasgou elogios ao técnico Fábio Carille e reafirmou a vontade de voltar à equipe em um futuro próximo.

Do outro lado do mundo, Jô acompanhou a classificação do Corinthians na final do Campeonato Paulista de 2018, na vitória sobre o São Paulo nos pênaltis. Segundo o atacante, a sensação ao assistir uma partida do Timão é de que ainda está em terras brasileiras.

"Foi emocionante. Consegui (acompanhar o jogo) porque foi pela manhã, consegui acordar no horário certinho e acompanhei com meu filho, a gente vibrando. É tudo muito recente, vai fazer quatro meses que eu sai do Corinthians e aquela emoção ainda bate forte. Até minha esposa falou que parece que ainda tá lá, porque a emoção de ver a torcida com o gol no finalzinho, que o Corinthians conseguiu fazer. Eu sou corinthiano e sofri junto. Gosto muito do Corinthians, torço e sempre vou torcer", afirmou em entrevista à Rádio Jovem Pan.

Leia também:
Corinthians anuncia treino aberto na Arena na véspera de Dérbi decisivo
Corinthians trabalha em novos atrativos no Fiel Torcedor; parceria com e-commerce incluída

Na busca pelo título, o Timão acabou saindo atrás. A equipe foi derrotada pelo Palmeiras por 1 a 0, no último sábado, e encara a grande decisão do título do Paulistão precisando vencer por dois gols de diferença para evitar as penalidades máximas. As dificuldades não assustam Jô em sua projeção sobre a chance de o Corinthians levar a taça.

"Isso é desde que me conheço por gente, para o Corinthians conquistar as coisas sempre foi sofrido. Nenhum título do Corinthians foi fácil, e com a gente não foi diferente. No ano passado, tanto o Paulista quanto o Brasileiro (de 2017) foi sofrido. O Brasileiro que aparentava ter uma tranquilidade maior, mas depois no final deu uma apertada e (o Palmeiras) ficou bem próximo na tabela. Acabou que a gente teve que sofrer até o final. O Corinthians sempre foi assim, sofrido, com emoção, com gol no último minuto e pênaltis. O corinthiano meio que já está acostumado, por mais que não goste de sofrer, vai acostumando", completou.

O técnico Fábio Carille ganhou uma atenção especial de Jô em suas lembranças do Parque São Jorge. O centroavante fez questão de elogiar o estilo de trabalho do seu ex-treinador e exaltou as contratações realizadas pelo clube para a atual temporada. "O Fábio (Carille) é um treinador que vai ser de sucesso. Alguns podem não concordar comigo, mas desde a minha contratação, e acho que todas as contratações que o Corinthians faz, o Fábio (tem decisão) 100% direta. Ele sabe os pontos que o time precisa, é um treinador que estuda muito, pesquisa bem o adversário, sabe de estatística, conhece tudo do jogador", justificou.

Leia também:
Arena Corinthians terá Museu do Torcedor no estilo do MASP; histórias serão coletadas
Designer cria dois modelos de camisa do Corinthians com homenagem a Ayrton Senna; veja

"Por isso, o Fábio é um treinador que tem tido sucesso tão recentemente, porque ele estudou e se preparou. Uma pessoa que se prepara para o que vai fazer, sem dúvida, colhe o sucesso mais rápido. [...] Talvez as contratações desse ano não foram badaladas, mas foram pontuais. Gosto de ver esse menino Mateus Vital jogar, e foi ele (Carille) que disse para contratar. O Sidcley também, que está crescendo", acrescentou.

Em 2017, Jô disputou 64 partidas e marcou 25 gols pelo Corinthians, 18 deles no Campeonato Brasileiro. O centroavante terminou a temporada como artilheiro e craque da Série A. Sua saída ainda é sentida pela equipe, que não encontrou um substituto ideal para a sua posição após o baixo rendimento do reserva imediato Colin Kazim. O clube ainda prepara o jovem Matheus Matias, de 19 anos, que foi contratado do ABC e tem estreia prevista apenas para o Campeonato Brasileiro.

Sobre uma possível volta ao clube alvinegro nas próximas temporadas, Jô foi categórico. "Com certeza foi um até logo, espero cumprir meu contrato aqui e, quem sabe, voltar para o Coringão", finalizou.

Veja mais em: , Ex-jogadores do Corinthians, Fábio Carille e Campeonato Paulista.

Veja Mais:

  • Victor Cantillo e Everaldo treinam com bola no CT Joaquim Grava

    Cantillo treina com bola, e Corinthians inicia preparação para final do Paulista; veja provável time

    ver detalhes
  • Treta Corinthians x Palmeiras nas finais | A escalação de Tiago Nunes pra decisão do Paulista #RMT5

    VÍDEO: Treta Corinthians x Palmeiras nas finais | A escalação de Tiago Nunes pra decisão do Paulista #RMT5

    ver detalhes
  • Andrés Sanchez confirmou que o Corinthians fará testes na quinta-feira

    Corinthians vai testar elenco após jogo de ida da final do Paulistão; Andrés e FPF confirmam

    ver detalhes
  • Raphael Claus será o responsável pelo apito no Dérbi desta quarta-feira

    Raphael Claus apita primeiro jogo da final do Campeonato Paulista entre Corinthians e Palmeiras

    ver detalhes
  • Gabriel e Fagner fizeram parte do tricampeonato e podem garantir o tetra com Tiago Nunes

    Corinthians tem seis jogadores que podem ser tetra do Paulistão com o clube; veja nomes

    ver detalhes
  • Tiago Nunes ainda busca melhor posição para Éderson usar sua boa finalização

    Tiago Nunes exalta Éderson e diz que ainda busca posição para potencializar qualidades do volante

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: