Ainda no Allianz Parque, Emerson Sheik detona presidente do Palmeiras: 'Doente mental'

Ainda no Allianz Parque, Emerson Sheik detona presidente do Palmeiras: 'Doente mental'

Por Meu Timão, de Allianz Parque

5.6 mil visualizações 47 comentários Comunicar erro

Emerson Sheik não perdoou o presidente do Palmeiras

Emerson Sheik não perdoou o presidente do Palmeiras

Foto: Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

As reclamações do presidente do Palmeiras após perder o título paulista para o Corinthians dentro do Allianz Parque não ficaram sem resposta. E veio de forma bastante contundente por parte de um dos jogadores mais experientes do Timão, Emerson Sheik.

Antes de curtir a festa do título, realizada numa casa noturna em São Paulo, o camisa 47 do Timão concedeu entrevista ao SporTV e não economizou nas palavras para criticar as frases do mandatário do rival que, entre algumas coisas faladas, disse que o clube é "muito maior que um Paulistinha".

"Ele é um doente mental de falar uma coisa dessas, porque acaba desmerecendo as equipes que disputaram a competição, a Federação, os atletas e os funcionários de cada clube. Acho que ele está equivocado, o Campeonato Paulista é grande, é o maior regional do país, o mais disputado e mais competitivo. Talvez em um momento de cabeça quente ele tenha dado essa declaração, mas foi muito infeliz. Ele se contradiz, porque na semifinal o Campeonato Paulista era grande, e depois que perde a final não vale nada", afirmou Emerson Sheik, que completou:

"Ele precisa ver os conceitos e mudar a opinião rapidamente, porque representa uma grande instituição, que é grande também, e não é porque perdeu o Campeonato Paulista para o Corinthians vai se tornar pequeno. Não é. Mas o presidente do Palmeiras tem que ser tão grande quanto o clube", afirmou o atacante, que entrou na final durante o segundo tempo.

A conquista do título neste domingo fez com que Emerson Sheik abandonasse o estilo mais calmo demonstrado desde o seu retorno ao Corinthians. Ainda no vestiário, durante a comemoração do elenco, o atacante postou um vídeo em seu Instagram relembrando a famosa frase "que dó da formiguinha", ao lado da taça e do meia Jadson.

Ainda vale destacar que Maurício Galiotte também já tinha recebido resposta por parte de Andrés Sanchez, presidente do Corinthians. O clube, aliás, também utilizou as redes sociais para ironizar as reclamações do presidente rival.

Veja mais em: Emerson Sheik, Dérbi e Campeonato Paulista.

Veja Mais:

  • Jadson é o artilheiro do elenco em 2018, com 15 gols; é o que mais fez com Jair Ventura

    Jadson se torna artilheiro da era Jair Ventura; meia participou de 12 dos últimos 20 gols do Timão

    ver detalhes
  • Roger entrou aos 13 minutos do segundo tempo e conseguiu fazer um dos gols do Timão em Salvador

    Roger é o atacante do Corinthians que precisa de menos tempo em campo para fazer um gol

    ver detalhes
  • Corinthians foi da água ao vinho: campeão em 2017 e candidato ao rebaixamento em 2018

    Corinthians luta contra reviravolta jamais vista no Brasil e raríssima no futebol mundial

    ver detalhes
  • Duelo ganhou ares dramáticos com prorrogação, mas terminou em alívio e comemoração dos corinthianos

    Em jogo dramático, pivô faz três, Corinthians segura empate na prorrogação e vai às quartas da LNF

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes