Cássio coloca Corinthians como favorito no Brasileirão, mas pontua: 'Pensar jogo a jogo'

Cássio coloca Corinthians como favorito no Brasileirão, mas pontua: 'Pensar jogo a jogo'

Por Andrew Sousa, Rodrigo Vessoni e Lucas Faraldo, no CT Joaquim Grava

1.7 mil visualizações 36 comentários Comunicar erro

Cássio acredita no bicampeonato brasileiro do Corinthians

Cássio acredita no bicampeonato brasileiro do Corinthians

Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians

Atual campeão brasileiro, o Corinthians inicial sua caminhada na competição nacional neste domingo, às 16h, contra o Fluminense. Por ostentar o título e pela conquista estadual, o Timão chega com status diferente do que em 2017. Agora, os comandados de Carille despontam como um dos favoritos.

"O Corinthians é o time a ser batido. Somos os atuais campeões, o time que querem bater. Vamos fazer um trabalho para conseguir mais um campeonato, mas acho que temos que ter a mentalidade que tivemos no último campeonato. Pensar jogo a jogo, não pensar no que vai acontecer daqui a dez, nove rodadas ou pensar em um clássico. Temos que pensar e ter o mesmo respeito por todas as equipes, porque cada jogo vale três pontos iguais", afirmou Cássio, nesta quarta-feira, durante media day no CT Joaquim Grava.

"Lógico que o Corinthians vai em busca, e só pelo fato de ser o Corinthians também, em qualquer campeonato que entramos, temos que ir em busca de títulos", completou.

Leia também:
Fora da seleção do Paulista, Cássio admite que esperava corinthiano como 'craque'
Cássio é eleito melhor jogador do Corinthians no Paulistão pela Fiel

Mais do que as últimas conquistas, o que credencia o Timão ao favoritismo é a forma com que a equipe joga e se concentra para as partidas. Para o goleiro, um dos nomes mais experientes do elenco, manter a filosofia de jogo por tanto tempo é primordial para alcançar as inúmeras conquistas. O camisa 12, por exemplo, já soma oito títulos.

"Acho que é um amadurecimento. É lógico que se você consegue manter os jogadores aqui e não vender, se manter o grupo, todo mundo já sabe como funciona e como as coisas acontecem aqui. Mas sabemos que o Corinthians é um time de muita visibilidade, muitas vezes você não consegue por uma questão financeira, para ajudar o time você tem que fazer caixa, que é vender jogadores. O amadurecimento cabe a nós, os jogadores mais velhos, chegar nos mais novos e falar como funciona aqui", explicou.

Veja mais em: Cássio e Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Roger marcou o segundo gol corinthiano no duelo deste domingo

    Corinthians vira nos acréscimos, mas ainda leva gol de empate e tropeça no Vitória

    ver detalhes
  • Corinthians empatou com o Vitória em 2 a 2 nesta rodada

    Concorrentes tropeçam, e Corinthians abre leve distância para Z4; veja classificação

    ver detalhes
  • Ralf foi eleito craque da partida no entendimento dos torcedores do Corinthians

    Veteranos são eleitos 'craques' do Corinthians no Barradão; Avelar beira nota zero

    ver detalhes
  • Jadson foi autor do primeiro gol do Corinthians contra o Vitória, em Salvador

    Jadson reconhece situação desconfortável do Corinthians no Brasileiro e lamenta 'gols dados'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes