Cássio fala de expectativa por Copa e comenta torcida de Walter: 'Um ajuda o outro'

Cássio fala de expectativa por Copa e comenta torcida de Walter: 'Um ajuda o outro'

Por Andrew Sousa, Lucas Faraldo e Rodrigo Vessoni, no CT Joaquim Grava

1.2 mil visualizações 40 comentários Comunicar erro

Se Cássio for à Rússia, Walter deve ganhar oportunidades na meta alvinegra

Se Cássio for à Rússia, Walter deve ganhar oportunidades na meta alvinegra

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Com a camisa do Corinthians, Cássio já conquistou tudo e mais um pouco. Ao todo, são oito títulos vestindo as cores alvinegras. Mesmo com a motivação alta por novos canecos, o arqueiro não esconde que quer preencher uma outra lacuna na carreira: ir à Copa do Mundo.

"Estou bem focado e concentrado aqui no Corinthians, mas é inevitável (não pensar na convocação), lógico. É um sonho de qualquer jogador disputar uma Copa do Mundo, representar o seu país e da minha parte é a mesma coisa. Que eu possa continuar trabalhando pelo Corinthians e, o que for da vontade Deus, possa estar na última lista", afirmou em entrevista concedida no CT Joaquim Grava.

Com a boa temporada realizada em 2017, Cássio ganhou força na briga pela terceira vaga entre os arqueiros da Seleção. Convocado em duas oportunidades por Tite, no entanto, o camisa 12 alvinegro ficou fora da última lista - só Fagner foi chamado entre os corinthianos. A ausência não preocupou o goleiro, que segue trabalhando pela vaga.

Leia também:
Cássio coloca Corinthians como favorito no Brasileirão, mas pontua: 'Pensar jogo a jogo'
Walter vê Cássio pronto para Copa e torce por 'brechinha' no Corinthians

Quem também torce muito pela ida de Cássio à Rússia é Walter. Em entrevista recente, o reserva alvinegro brincou com a chance de atuar enquanto o goleiro serve à Seleção Brasileira. Perguntado sobre o tema, o titular da posição adotou o mesmo tom.

"Tudo ajuda, né. Um ajuda o outro. Se eu for, está bom", disse, aos risos.

A esperança do arqueiro por uma vaga cresceu muito nos últimos dias, quando decidiu as semifinais e a final do Paulistão nos pênaltis. Mesmo com o título e a atuação de gala, nada de ligação de Tite ou Taffarel, preparador de goleiros da Seleção.

"Não (ligaram). Não tenho esse contato de ligar, recebi bastante mensagens de amigos, mas deles não", pontuou.

Veja mais em: Cássio, Walter e Corinthianos na Seleção.

Veja Mais:

  • Jonathas vive expectativa de ser titular do Corinthians nos próximos jogos

    Declaração de corinthiano Jonathas repercurte no Chile; jornal o acusa de ameaçar Colo-Colo

    ver detalhes
  • Matheus Matias soma três atuações pelo Corinthians: uma no Brasileiro e duas em amistosos

    Loss sugere que peso da camisa do Corinthians interfere no zelo com Matheus Matias

    ver detalhes
  • Em noite ruim, Timão pouco incomodou Grêmio e foi superado pelo placar mínimo

    Veja a posição do Corinthians ao fim do primeiro turno do Brasileirão-2018

    ver detalhes
  • Maxwell (à dir.) assinou com Corinthians por duas temporadas

    Corinthians acerta com meia ex-Santos para categoria Sub-20

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes