Cássio revela parceria com Mauri em preparação para pênaltis no Corinthians

2.4 mil visualizações 33 comentários

Por Meu Timão

Mauri Lima e Cássio adotaram novo plano contra pênaltis no Timão

Mauri Lima e Cássio adotaram novo plano contra pênaltis no Timão

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Cássio, goleiro do Corinthians, e Mauri Lima, preparador de arqueiros do clube, mudaram de estratégia quanto à preparação para disputa de pênaltis. O camisa 12, ao menos nas últimas competições, não têm mais se preocupado em memorizar preferências dos batedores rivais. Tal tarefa agora cabe a Mauri, responsável pelo treinamento dos goleiros alvinegros e braço direito tanto de Cássio como do técnico Fábio Carille.

De acordo com o camisa 12, Mauri recebe o levantamento do Centro de Inteligência do Futebol do Corinthians, o Cifut, e fica responsável por passar a ele as principais informações quanto aos cobradores da equipe adversária. Foi assim que o “Gigante” defendeu quatro penais nas duas últimas disputadas: de Diego Souza e Liziero, contra o São Paulo; e Dudu e Lucas Lima, diante do Palmeiras.

“A gente tem ajuda do treinador de goleiros. A gente aqui no Corinthians tem a ajuda do Mauri, ele tem ficado mais com essa parte (cantos preferidos dos batedores adversários). Eu não sei se antes via muito pênaltis, comecei a ficar com isso na cabeça e não me concentrava 100% no jogo”, explicou Cássio em entrevista ao quadro 1 x 1 com Cléber Machado, do canal SporTV.

“A gente acertou aqui no Corinthians que o Mauri cuida dessa parte. Quando chega a hora, ele me passa as características do jogador. E tem dado certo, tenho ficado mais focado no jogo e o Mauri tem ajudado. Felizmente a gente tem defendido mais”, discorreu o arqueiro.

Leia também:
Paulista de Cássio é elogiado, mas outros título e goleiro são eleitos por preparador corinthiano
Cássio coloca Corinthians como favorito no Brasileirão, mas pontua: 'Pensar jogo a jogo'

As defesas de Cássio foram determinantes para que o Corinthians derrotasse o Palmeiras e celebrasse o bicampeonato paulista dentro do Allianz Parque. Os méritos, porém, são divididos pelo arqueiro com Mauri, com quem convive desde 2012, quando foi contratado. O treinador específico de arqueiros, por sua vez, prefere exaltar o trabalho de seu principal atleta.

“Estudamos bastante. Falei para ele que dois jogadores batiam forte, o Lucas Lima e o Dudu. Então, se você escolhe lado, tem que chegar muito forte, com o braço esticado. Ele fez tudo dentro do padrão, tanto que pegou a bola passando já. A coisa mais difícil para o goleiro alto é a bola rasteira. E você vê a velocidade e a flexibilidade que ele atingiu, que foi fundamental”, explicou Mauri, antes de mencionar o feeling de Cássio nos momentos de decisão.

“Como eu digo, está tudo no acreditar. Mas existe o detalhe que é a qualidade e a dedicação dele para fazer isso. E é mérito dele, às vezes o cara muda o lado e ele acerta porque teve a percepção”, completou.

Veja mais em: Cássio, Campeonato Paulista, Dérbi e Majestoso.

Veja Mais:

  • Nathan é emprestado para clube espanhol por uma temporada

    Corinthians acerta empréstimo de atacante Nathan para clube espanhol

    ver detalhes
  • Cássio foi eleito apenas pela segunda vez entre os melhores do Paulista

    Corinthians tem três representantes, domina defesa e 'divide' seleção do Paulista

    ver detalhes
  • Corinthians viajou em voo fretado durante a Sul-Americana de 2019 e repetirá a logística durante o Brasileirão 2020

    Corinthians opta por fretar avião para viagens do Campeonato Brasileiro; veja os motivos

    ver detalhes
  • Primeiros meses de Tiago Nunes no Corinthians foram intensos

    Agora é Brasileirão! Como foi a temporada do Corinthians até antes da estreia no torneio nacional

    ver detalhes
  • [Mayara Munhoz] Neto, Luan e uma faixa de protesto no Corinthians

    ver detalhes
  • Torcida não poupou críticas a Luan após o vice do Paulistão

    Torcedores do Corinthians cobram Luan com faixa em frente ao CT: 'Tem que ter raça'

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: