Danilo relembra confiança em final do Mundial, e aponta o que faltou na vitoriosa carreira

Danilo relembra confiança em final do Mundial, e aponta o que faltou na vitoriosa carreira

Por Meu Timão

23 mil visualizações 141 comentários Comunicar erro

Experiente jogador nunca teve chance com a camisa da Seleção Brasileira

Experiente jogador nunca teve chance com a camisa da Seleção Brasileira

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Durante o Campeonato Paulista desse ano, Carille recorreu ao experiente Danilo em momentos decisivos pelo Corinthians. Nas duas vezes em que foi cobrado, o camisa 20 bateu bem os pênaltis e ajudou o Timão a conquistar outro título. A confiança nas cobranças, no entanto, não chegou perto do que sentiu há mais de cinco anos atrás, no Japão.

"O jogo em que eu mais me senti confiante foi contra o Chelsea. Até brinquei que poderia jogar mais uns 10 minutos. Eu queria jogo e não perdia uma bola. Todo mundo louco para acabar a partida, pressão, com o Cássio pegando bola toda hora. Aí no jantar eu falei que queria ter jogado mais, e disseram que eu estava louco", relembrou, em participação no Resenha ESPN.

Leia também:
Aos 39, Emerson Sheik projeta volta à Argentina; Aos 20, Vital fala da primeira vez no país
Dois, três, quatro, sete... até oito! Jogadores do atual elenco empilham taças no Corinthians

Apesar de conquistar o mundo naquela noite, além das tantas outras conquistas, Danilo se vê perto da aposentadoria com um gostinho amargo. Se sobraram troféus, faltaram oportunidades na Seleção Brasileira. O meia não guarda mágoa, mas sabe da importância que uma passagem pelo time nacional teria em sua carreira.

"Em 2005, eu estava muito bem, mas a Seleção tinha jogadores melhores, como Alex, Kaká, Ronaldinho Gaúcho. Não teria como ir. Não levo mágoa, não. O futebol é assim mesmo. Agradeço muito por ter sido campeão pelos clubes que passei: Goiás, São Paulo, Kashima Antlers e Corinthians. Fico feliz pela carreira. Mas, claro, vai faltar só a foto com a camisa (do Brasil)", afirmou.

Se não defendeu a paixão dos 200 milhões de brasileiros em nenhuma oportunidades, honrou a camisa pelos 30 milhões de corinthianos inúmeras vezes. Ao todo, são 343 jogos pelo Timão, com 33 gols e oito títulos: Paulistão (2013 e 2018), Brasileirão (2011, 2015 e 2017), Libertadores (2012), Mundial (2012) e Recopa Sul-Americana (2013).

Veja mais em: Danilo e Ídolos do Corinthians.

Veja Mais:

  • Com grande atuação de Pastor & cia., Corinthians conquistou Liga Ouro e estará no NBB

    Corinthians sobra no último quarto, bate São José e é campeão da Liga Ouro; time vai ao NBB

    ver detalhes
  • Bruno Savignani é campeão da Liga Ouro à frente do Corinthians

    Savignani se emociona com volta do Corinthians à elite do basquete e exalta Fiel

    ver detalhes
  • Timão e Grêmio podem se enfrentar na Arena Corinthians, em Itaquera

    Amistoso em Cuiabá é cancelado, e Corinthians cogita receber Grêmio na Arena

    ver detalhes
  • Jonathas está na mira do Corinthians, que já vê concorrente pelo centroavante brasileiro

    Corinthians vê clube turco demonstrar interesse por Jonathas

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes