Rodriguinho fala de preparação diferente e vontade de sentir 'gostinho' da Libertadores

Rodriguinho fala de preparação diferente e vontade de sentir 'gostinho' da Libertadores

Por Meu Timão

1.8 mil visualizações 24 comentários Comunicar erro

Rodriguinho tem sido decisivo para o Corinthians

Rodriguinho tem sido decisivo para o Corinthians

Foto: Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

Autor dos últimos quatro gols do Corinthians, Rodriguinho chega para o jogo contra o Independiente, nesta quarta-feira, ainda mais cercado de expectativa da torcida. Dentro de campo, no entanto, a missão do camisa 26 é bem maior do que decidir os confrontos. Jogando mais perto do gol, cresce também o contato físico com os marcadores. A preparação visando as "pancadas" é diferente, sobretudo na parte psicológica.

"Como estamos jogando nessa forma sem centroavante e eu estou mais avançado, tenho que jogar de costas, tomando pancada (risos)... Estou preparado. Tenho que me manter frio para não revidar as pancadas e nem cair em provocações. Tenho que estar bem atento e concentrado no jogo para que nada tire o foco da nossa vitória", disse o meia, em entrevista ao Lance!.

Leia também:
Rodriguinho ultrapassa ex-atacante do Corinthians e mira gringos na artilharia da Arena
Rodriguinho iguala feito de Liedson, último a marcar quatro gols seguidos pelo Corinthians

Apesar da grande exigência física e mental da função, Rodriguinho sabe que também pode se aproveitar da proximidade com o gol. Com a expectativa de um Independiente ofensivo, os contra-ataques podem render boas oportunidades ao Timão.

"A equipe corresponde muito bem nesses jogos de pressão e difíceis, gostamos desses jogos, porque nos adaptamos muito bem e somos fortes defensivamente. O adversário vai ter que sair para o jogo, então vamos ter mais espaços para contra-atacar e segurar a bola na frente. Estamos confiantes. Sabemos que não vai ser fácil, mas temos totais condições de sair com um resultado para nos manter em uma boa colocação", afirmou.

Um resultado positivo no estádio Libertadores de América é um importante passo para o Corinthians avançar à próxima fase da competição. O meia não esconde o peso do torneio e a enorme vontade de juntar-se a Cássio, Ralf, Danilo e Emerson, campeões continentais com a camisa alvinegra.

"Lógico que é um título que todos nós queremos. Para mim seria fantástico ter uma Libertadores pelo Corinthians, é uma coisa que todo torcedor quer. Mas é um campeonato muito difícil, muitos times bons vão brigar, e vamos fazer nossa parte da melhor maneira possível. É um título que todo mundo quer. Aqui tem jogadores que já ganharam, e deve ser um gostinho muito bom, quero experimentar também", concluiu.

Veja mais em: Rodriguinho e Libertadores da América.

Veja Mais:

  • Matheus Matias soma três atuações pelo Corinthians: uma no Brasileiro e duas em amistosos

    Loss sugere que peso da camisa do Corinthians interfere no zelo com Matheus Matias

    ver detalhes
  • Em noite ruim, Timão pouco incomodou Grêmio e foi superado pelo placar mínimo

    Veja a posição do Corinthians ao fim do primeiro turno do Brasileirão-2018

    ver detalhes
  • Maxwell (à dir.) assinou com Corinthians por duas temporadas

    Corinthians acerta com meia ex-Santos para categoria Sub-20

    ver detalhes
  • Basquete do Corinthians chegou à terceira vitória em oito jogos no Estadual

    Corinthians embala no fim, bate São José e chega à terceira vitória no Paulista de Basquete

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes