Ex-santista, jogadora do Corinthians se surpreende com Fiel e enaltece 'primeira vez' na Arena

Ex-santista, jogadora do Corinthians se surpreende com Fiel e enaltece 'primeira vez' na Arena

22 mil visualizações 50 comentários Comunicar erro

Katiuscia é uma das destaques do Corinthians para 2018

Katiuscia é uma das destaques do Corinthians para 2018

Foto: Alan Morici/Ag. Corinthians

A Fiel pode não ter comparecido às arquibancadas em suas habituais dezenas de milhares de torcedores, mas ainda assim deixou ótima impressão no elenco feminino de futebol do Corinthians. A presença de quase 4 mil pessoas na Arena na goleada de 4 a 1 sobre o São Francisco, na última quarta-feira à noite, pelo Campeonato Brasileiro Feminino, surpreendeu positivamente a lateral ex-santista Katiuscia, uma das destaques do Timão.

"Foi minha primeira vez jogando na Arena. Eu já sempre buscava vir ver os jogos. A impressão foi das melhores. A gente esperava que talvez não viessem tantas pessoas, e acabaram vindo e apoiaram até o final. Pra gente foi bom, espero que eles acompanhem nosso trabalho e possam comparecer cada vez mais", disse, em entrevista ao Meu Timão na saída do estádio.

Leia também:
Primeira mulher a marcar um gol pelo Corinthians na Arena: 'Não tenho dimensão'
Por que quatro mil torcedores foram à Arena ver a equipe feminina do Corinthians?
Hidromassagem e torcida do caral**: adversária do Corinthians se impressiona na Arena

Ao ser questionada sobre as diferença entre a época em que jogava no Santos e o momento atual da carreira, Katiuscia destacou o fato de a equipe feminina da Baixada Santista mandar seus jogos costumeiramente no estádio principal do clube - a Vila Belmiro. No caso do Timão, essa foi a primeira vez na qual a Arena recebeu a mulherada.

"Senti diferença por ser o Corinthians. Na Vila (Belmiro) a gente já estava mais acostumada a jogar. Ninguém esperava que a gente fosse mandar um jogo na Arena, estádio de Copa do Mundo. Não querendo comparar, mas comparando: as coisas aqui são maiores, a campanha de jogar na Arena, tudo é um pouco maior. Para a modalidade isso é ótimo", explicou.

O que não é ótimo para a modalidade é o preconceito contra o qual as meninas ainda têm de lidar no futebol. Não à toa, o Corinthians entrou em campo nesta quarta com mensagens machistas em seu uniforme como forma de protesto e também de estratégia do marketing para procurar empresas interessadas em patrocinar a equipe feminina.

"São frases até fortes. A gente espera que não aconteçam mais essas situações. Algumas pessoas não entenderam a campanha, falaram para a gente parar de 'mimimi'. A gente tem de fazer nosso trabalho, apoiar o futebol feminino. Para as pessoas que não entenderam, que um dia possam entender", discorreu.

Veja mais em: Futebol feminino, Arena Corinthians e Torcida do Corinthians.

Veja Mais:

  • Elenco fez trabalhos com bola na manhã desta segunda-feira

    Com ausências no gramado, Corinthians faz penúltimo treino antes de retorno do Brasileirão

    ver detalhes
  • Corinthians se prepara para o retorno do Brasileirão nesta semana

    Volta dos jogos oficiais, Majestoso, futsal, feminino e mais: a agenda do Corinthians na semana

    ver detalhes
  • Zagueiro chegou e poucos dias depois fez sua estreia

    Corinthians contrata novo zagueiro para equipe Sub-20; jogador já fez sua estreia

    ver detalhes
  • Corinthians de Romero reestreia no Brasileiro nesta quarta-feira

    Acabou a Copa, e agora? Saiba tudo sobre a volta do Corinthians aos gramados

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes